Terça-feira, 16 de Outubro de 2018
Telefone: (54) 3332-1699
Curta nossa página no Facebook:
26°
14°
14°C
Não-Me-Toque/RS
Noite limpa
Destaques

Igrejas de Confissão Luterana celebram a Reforma

04.11.2016 17h12  /  Postado por: upside

O Dia da Reforma Protestante é comemorado em 31 de outubro por ser esta a data em que o monge agostiniano Martinho Lutero, em 1517, anunciou uma proposta de reforma da doutrina católica em frente à igreja de Wittenberg, na Alemanha. A proposta ficou popularmente conhecida como as 95 teses.
Lutero e os seus seguidores foram excomungados pelo papa Leão X em 1520, nascendo então a tradição luterana. Temendo a morte por heresia, Martinho se isolou no Castelo de Wartburg durante cerca de um ano. Lá, o agostiniano traduziu os textos bíblicos para o alemão.

A comemoração do Dia da Reforma em Não-Me-Toque – feriado municipal – foi com celebração conjunta entre as comunidades Martin Luther (IECLB) e Luterana da Paz (IELB), na Igreja Luterana, às 9h. Os pastores Alex Ziemann e Fábio Staggemeier celebraram juntos. Como é costume no município.
O reverendo Fábio fez a prédica lembrando como grande legado de Martinho Lutero a defesa da educação para todos. Tomando por referência um texto de obras selecionadas, chamou atenção das famílias para a responsabilidade na educação dos filhos.

De acordo com as palavras do idealizador da Igreja Luterana, não é compreensível que o homem seja o único na face da terra que precisa ser estimulado a cuidar dos filhos, quando nenhum bicho deixa de fazê-lo por instinto próprio.

– Amar, cuidar, corrigir e dar limites é função dos pais, da família, para que tenhamos cidadãos sadios – reforçou Sataggemeier.

O pastor também lembrou do papel das comunidades cristãs na fundação e manutenção de escolas e citou estudos que apontam PIB maior nas cidades onde atuam escolas ligadas à Igreja Evangélica Luterana no Brasil.

Os pastores Alex Ziemann e Fábio Staggemeier celebraram juntos

Os pastores Alex Ziemann e Fábio Staggemeier celebraram juntos

Um feito histórico na igreja cristã
Na segunda-feira, 31 de outubro de 2016, luteranos e católicos do mundo todo marcaram um feito que entrará na história da igreja cristã. Na Catedral de Lund, na Suécia, celebraram em conjunto um culto ecumênico, com um grande desafio: pedir perdão pelos erros do passado e caminhar conjuntamente pelo bem da humanidade. No ato estiveram presentes representantes de diversas igrejas do mundo.

No altar estavam lado a lado, o Papa Francisco; o presidente da Federação Luterana Mundial (FLM), Dr. Munib Younan; o secretário-geral da FLM, Rev. Martin Juenge; o presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos, cardeal Kurt Koch; e a primaz da Igreja Luterana da Suécia, arcebispa Antje Jackelen.

O PapaFrancisco expressou gratidão à Reforma por ter trazido a Bíblia para o centro da vida da Igreja e exaltou a espiritualidade de Lutero, ao colocar sua fé num Deus misericordioso que nos justifica por graça. “Com a comemoração comum da Reforma de 1517 temos uma nova oportunidade para acolher um percurso comum, que se foi configurando ao longo dos últimos cinquenta anos no diálogo ecumênico entre a Federação Luterana Mundial e a Igreja Católica”.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.