Sábado, 17 de Novembro de 2018
Telefone: (54) 3332-1699
Curta nossa página no Facebook:
28°
18°
19°C
Não-Me-Toque/RS
Noite limpa
Destaques

Carreira de professor é promissora 

Cursos de licenciatura da UPF possibilitam, juntamente com a docência, diferentes oportunidades de atuação no mercado de trabalho
Carreira de professor é promissora 
Nesta semana, professores e alunos das licenciaturas apresentaram os cursos durante evento Interação UPF voltado para estudantes do Ensino Médio
26.10.2018 11h04  /  Postado por: helaine

A UPF ressalta, por meio da campanha “Educar é a nossa ação”, a importância de valorizar o trabalho de professores, funcionários e gestores educacionais

Além de contribuir com o desenvolvimento do país, uma educação de qualidade é capaz de transformar vidas e de escrever novas histórias. Um profissional de extrema importância nesse meio é o professor, que, harmonizando múltiplos saberes, auxilia na formação de todos os profissionais das mais variadas áreas do conhecimento.

A formação de professores é um dos elementos fundamentais para atingir índices de excelência nos processos educativos escolares e para garantir uma educação básica e superior de qualidade. “Os professores são os sujeitos pensantes e criativos dos processos de ensino e mediadores ativos dos processos de aprendizagem, por isso fundamentais para a efetivação de aprendizagens indispensáveis para o desenvolvimento humano”, destaca a coordenadora da Coordenadoria das Licenciaturas da Universidade de Passo Fundo (Coorlicen/UPF), professora Dra. Carina Tonieto.

As licenciaturas são as formadoras dos profissionais da educação. “Essa afirmação parece óbvia, no entanto, reconhecer o professor como um profissional da educação implica reconhecer que ele é portador de um conjunto de saberes específicos que o permitem organizar e conduzir processos de aprendizagem articulando conhecimentos específicos de que os demais profissionais não dispõem”, destaca Carina, explicando que os licenciados se distinguem dos bacharéis justamente por terem conhecimentos teóricos e práticos específicos para assumir a responsabilidade dos processos educativos escolares de crianças e jovens.

Com tantos desafios na carreira do professor, a Universidade de Passo Fundo ressalta, por meio da campanha “Educar é a nossa ação”, a importância de valorizar o trabalho de professores, funcionários e gestores educacionais que, apesar do contexto adverso (falta de investimentos e desvalorização da carreira), são sujeitos engajados e buscam fazer a diferença na vida de milhares de crianças, jovens e adultos do Brasil.

Mercado de trabalho absorve grande parte dos acadêmicos que se formam

Há muitas vantagens para incentivar os jovens a escolher um curso de licenciatura. Em relação à ampliação das oportunidades no mercado de trabalho, a coordenadora da Coorlicen da UPF revela que tanto o licenciado quanto o bacharel tem a mesma formação técnica na área específica, podendo disputar as mesmas oportunidades. No entanto, a professora ressalta que somente o licenciado pode disputar as oportunidades ligadas à docência na educação básica ou que exijam formação pedagógica na educação superior. Desse modo, o licenciado tem uma ampliação de oportunidades.

A educação básica oferece oportunidades de ingresso no mercado de trabalho para os estudantes das licenciaturas durante a graduação, por meio de estágios em diferentes funções nas escolas

Outra razão para fazer um curso de licenciatura é a falta de professores na educação básica. “Isso, a curto prazo, exigirá dos governantes a contratação de professores para ocupar as vagas em aberto”, observa Carina.

O mercado absorve grande parte dos acadêmicos que se formam nesses cursos. A educação básica oferece oportunidades de ingresso no mercado de trabalho para os estudantes das licenciaturas durante a graduação, por meio de estágios em diferentes funções nas escolas: monitorias em sala de aula, auxiliares de secretaria, auxiliares de recreação, auxiliares de coordenação e direção.

Além disso, a coordenadora da Coorlicen afirma que, após a formatura, a demanda é grande por parte das escolas de educação básica, públicas e privadas, que necessitam de profissionais formados e habilitados para assumir a docência nos diferentes níveis de ensino, assim como para ocupar cargos de gestão, de setor de apoio e realizar atividades administrativas. Além da educação básica, os licenciados que fazem mestrado e doutorado ingressam como professores na educação superior, a qual está em processo constante de expansão.

A acadêmica Carleane Maraschin Silveira está no 6º nível do curso de Letras – Português e Espanhol. O fato de que a licenciatura é marcada pela aproximação com as pessoas e pela influência na formação dos alunos foi determinante para a escolha do curso. “Essa proximidade pode causar uma transformação na vida de alguém. O curso ainda apresenta várias possibilidades na carreira profissional. Além da docência, o profissional pode trabalhar com redação, literatura e até com jornalismo. Isso sempre me chamou atenção”, declara a acadêmica.

UPF oferece 12 cursos de licenciatura neste Vestibular de Verão

Atenta a essa questão, a UPF, maior instituição de ensino superior do norte gaúcho, é a única a oferecer tantos cursos de licenciatura. Neste Vestibular de Verão 2019, estão sendo oferecidas as licenciaturas em Artes Visuais, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Letras – Português e Inglês, Letras – Português e Espanhol, Matemática, Música, Pedagogia e Química.

Essas formações habilitam para lecionar no ensino fundamental, médio, ou no ensino técnico de nível médio, bem como para ministrar aulas particulares e em cursos preparatórios e para atuar em campos de consultorias, assessorias, instituições de pesquisa, gestão da educação, gestão de espaços ligados à área de atuação. “O posicionamento da UPF em relação aos cursos de licenciatura revela o seu compromisso com a responsabilidade social e com a educação de qualidade, uma vez que formar professores em todas as áreas do conhecimento significa investir pesado na formação de profissionais que atuarão diretamente na educação de crianças e jovens que frequentam a educação básica, assim como são profissionais que atuam diretamente na gestão das instituições de ensino”, garante a professora.

Nesse sentido, a UPF aposta numa formação inicial qualificada para a docência e para a gestão das instituições de ensino e no aprimoramento constante desses profissionais por meio de especializações, mestrado e doutorado, além de inúmeros projetos de extensão e de pesquisa que são desenvolvidos em parceria com escolas de toda a região. “Levando em consideração tais elementos, a postura da UPF como instituição comunitária, que aposta na formação de profissionais da educação, é estratégica para o desenvolvimento humano, social e econômico de Passo Fundo e região”, destaca Carina.

Nesta semana, professores e alunos das licenciaturas apresentaram os cursos durante evento Interação UPF voltado para estudantes do Ensino Médio

As inscrições para o Vestibular de Verão seguem até o dia 12 de novembro, pelo site http://vestibular.upf.br/Home

A prova será no dia 17 de novembro, às 14h.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.