Segunda-feira, 18 de Outubro de 2021
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
22°
10°
11°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Cultura e lazer

Casa da Cultura expõe objetos que fazem parte da história de NMT

Casa da Cultura expõe objetos que fazem parte da história de NMT
Objetos de trabalho e fotografias contam a história do município que já foi inspiração para novela da Rede Globo
13.05.2013 15h48  /  Postado por: upside

Objetos de trabalho e fotografias contam a história do município que já foi inspiração para novela da Rede Globo

A preservação dos objetos antigos que perpetuaram na vida das pessoas a partir da década de 20 (1920) está exposta na Casa da Cultura Dr. Otto Stahl de segunda a sexta-feira, até o final do mês de maio.  Homenageando o dia do trabalhador a exposição é chamada de “No tempo da vovó” que enfatiza a 11ª Semana de Museus que ocorre entre os dias 13 a 19 de maio em todo país. A exposição mostra objetos de trabalho que remota à história do município quando ainda era um simples vilarejo pertencente a Passo Fundo, no início do século passado.
– As novas gerações podem conhecer as formas e manuseios de trabalho mesmo com equipamentos rudimentares – comentou a professora de história e atendente da Casa da Cultura, Eliane de Quadros.
A exposição mostra um dos momentos mais importantes do município registrado em uma fotografia na inauguração da rede de energia elétrica, em 27 de julho de 1927, onde hoje é o Hospital Alto Jacuí. Segundo Eliane, a história de NMT começa bem antes de sua emancipação, em 1954, quando bem antes instituições centenárias como Colorado (1913) e Escola Sete (1914) já existiam.
– A Casa da Cultura em que morou Dr. Otto Stahl tem mais de 80 anos, foi construída em 1929 – lembra Eliane.
Os visitantes poderão ver objetos de trabalho como a máquina de fazer suco de 1950, ferro de passar 1927, sovadeira de pão de 1940, máquina de costura de 1920, mimeógrafo (antigo copiador), máquina de escrever, caixa registradora da Farmácia Globo de 1936, utensílios de farmácia e de salão de beleza. Esses e outros objetos como cafeteira elétrica trazida por imigrantes italianos, lamparina, liquidificador, batedeira foram doados pela comunidade.
Por trás dos objetos está a história de NMT, que a partir de 1931 passou a pertencer a Carazinho e foi emancipado em 18 de dezembro de 1954. Em 20 de fevereiro foi realizada a primeira eleição e oito dias depois, 28 de fevereiro de 1955, foi empossado o primeiro prefeito de NMT, Pedro Augustin. Em 1971 o município vira Campo Real até 1976, com a troca do nome para Campo Real. A escolha gerou contradições e, em 1975, um plebiscito definiu pela volta do nome de Não-Me-Toque. A disputa foi tão intensa que virou inspiração para o enredo da novela Saramandaia (Globo-1976).
Interessados em descobrir as curiosidades de NMT e os objetos antigos que moveram o trabalho e a sociedade nessa época, a Casa da Cultura permanece aberta das 8h15min às 11h30min e das 13h30 min às 17 horas.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.