Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019
Telefone: (54) 3332-1699
Curta nossa página no Facebook:
Tempo nublado
23°
18°
22°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo nublado
Agronegócios

Soja já é vendida a R$ 71 no interior

Quem pedia R$ 80 não vendeu a R$ 75. "Falta planejamento anual da lucratividade da lavoura", aponta T&F
Soja já é vendida a R$ 71 no interior
Segundo consultoria, falta de planejamento anual da lucratividade da lavoura, apenas isto - foto divulgação
16.04.2019 10h26  /  Postado por: helaine
Por: AGROLINK –Leonardo Gottems

De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, o preço da soja no interior do Brasil já está ao redor de R$ 71,00/saca, caindo do patamar de R$ 75,00 verificado há apenas algumas semanas.

Segundo consultoria, falta de planejamento anual da lucratividade da lavoura, apenas isto – foto divulgação

– Naquela época, os agricultores queriam R$ 80,00. Hoje aceitariam o preço anterior, se lhes fosse oferecido, mostrando que não tem convicção sobre o que estão fazendo, tomando decisões depois que a oportunidade passa e não antes – aponta o analista Luiz Fernando Pacheco.

– Uma das características de alguns agricultores brasileiros é perder o timming do negócio de soja. Todos os anos isto acontece e todos tem alguma história de vizinho ou parente para cotar a respeito. E qual a causa disto? Falta de planejamento anual da lucratividade da lavoura, apenas isto. Se o agricultor sentasse para planejar o seu ano comercial, que vai desde a compra de insumos até a venda da safra, ele certamente não perderia certas oportunidades que o mercado todos os anos oferece – alerta Pacheco.

De acordo com o especialista, planejar a safra é perfeitamente possível e aconselhável para aumentar a lucratividade, capitalizar o seu negócio, remunerar os sócios e fazer investimentos. Segundo ele, isso exige mais ou menos um dia inteiro e pode ser feito numa reunião de agricultores locais.

– Quem comparecer a uma dessas reuniões, nunca mais perde oportunidade, nem fica ao sabor do que os outros dizem ou fazem. E ganha dinheiro”, conclui.

CLIMA

De acordo com os mapas climáticos analisados pela Consultoria AgResource, no Brasil as chuvas seguem bastante favoráveis para o desenvolvimento da safrinha, principalmente nos estados de Goiás, Mato Grosso e Minas Gerais.

– Volumes menos intensos (de 10 a 30 mm) são esperados no Paraná e Mato Grosso do Sul nos próximos cinco dias, mesmo assim não são esperados impactos negativos as lavouras até o momento – projeta a ARC Mercosul.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.