Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019
Telefone: (54) 3332-1699
Curta nossa página no Facebook:
Tempo nublado
23°
18°
23°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo nublado
Destaques

Cônsul-geral dos Países Baixos recebida em Não-Me-Toque

Cônsul-geral dos Países Baixos recebida em Não-Me-Toque
Helaine Gnoatto Zart e Cornélia van Riel, autoras do livro que conta a história da Imigração Holandesa em Não-Me-Toque, cônsul Henriëtte Bersee e a presidente da Associação Holandesa Teodora Lütkemeyer
23.09.2019 09h27  /  Postado por: helaine
Por: Helaine Gnoatto Zart – contato@afolhadosul.com.br

A Associação Holandesa recepcionou, na noite de domingo (22), a e a Consul-geral do Países Baixos Henriëtte Bersee, do Consulado de São Paulo. A presidente da associação, Teodora Lütkemeyer organizou coquetel de boas-vindas no Restaurante Carla Linck, no Clube União.

Associação Holandesa recepcionou a Cônsul-geral dos Países Baixos, do Consulado de São Paulo

Em Não-Me-Toque até quarta-feira (24), Henriëtte Bersee alia o atendimento aos imigrantes e seus descendentes interessados em fazer o passaporte com cidadania na Holanda, com sua intensa agenda de negócios no Congresso Sul Americano de Agricultura de Precisão que ocorre dias 24 e 25.

Neste ano, o Congresso Apsul América conta com a presença oficial da Holanda com o Conselheiro Agrícola da Embaixada da Holanda em Brasília, dois representantes da Embaixada e a Consul-geral do Países Baixos, do Consulado de São Paulo. Também vêm como palestrante o pesquisador e doutor da Universidade de Wageningen, Corne Kempenaar, que vai palestrar sobre “Plataformas digitais e big data – da nuvem para sua lavoura” e será painelista no tema “Agricultura Digital” que vai trazer casos da Holanda, EUA, Argentina e Brasil. Também vai ministrar o minicurso Plataformas Digitais.

Teodora, manifestou a alegria da presença da Cônsul-geral, relatou as atividades da associação para manter o vínculo cultural com as origens e a comemoração dos 70 anos da imigração neste ano.

Helaine Gnoatto Zart e Cornélia van Riel, autoras do livro que conta a história da Imigração Holandesa em Não-Me-Toque, cônsul Henriëtte Bersee e a presidente da Associação Holandesa Teodora Lütkemeyer

Como presente, a Associação Holandesa ofereceu um exemplar do livro A Caminho da Esperança – A História da Imigração Holandesa em Não-Me-Toque, escrito por Cornélia van Riel e Helaine Gnoatto Zart.

Henriëtte Bersee se apresentou e, falando em português, descreveu sua função no campo econômico, cultral e político.

– Mas meu trabalho mais importante é conversar com vocês, apesar de ser mais distante das outras colônias prometo vir mais vezes. Estou feliz de estar aqui e ver que há pessoas da nova geração que falam muito bem o holandês. Também de ver como o nosso povo alcançou a prosperidade e contribuiu para o desenvolvimento n – destacou.

A cônsul-Geral ainda destacou o interesse da Holanda em fazer negócios com Brasil e com Não-Me-Toque, no campo da agricultura e da indústria com novas tecnologias.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.