Quarta-feira, 03 de Junho de 2020
Telefone: (54) 3332-1699
Curta nossa página no Facebook:
Tempo limpo
18°
5°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo limpo
Destaques

Estudantes da Rede Municipal recebem tarefas de casa durante pandemia

Estudantes da Rede Municipal recebem tarefas de casa durante pandemia
Pais buscam atividades escolares na escola
24.04.2020 15h22  /  Postado por: helaine

Pais buscam atividades escolares na escola

O ministro da Educação Abraham Weintraub defende a volta das aulas nas cidades onde não existe nenhum ou poucos casos de coronavírus. Na manhã de terça-feira (14), em entrevista à Jovem Pan News, considerou mal planejadas as medidas de isolamento simultâneo em todo o país.  Como medida, o MEC já flexibilizou a exigência de 200 dias letivos, mas manteve as 800 horas de aulas. Também comentou regulamentação da distribuição da alimentação escolar em forma de kit para os estudantes, liberando os recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).

Weintraub defendeu a realização do Enem neste ano e autorizou inscrições gratuitas para todos. “Se o Enen não for realizado, ideia que alguns tem ventilado, tira a oportunidade de 2 milhões de jovens de ingressar na universidade”, declarou.

ATIVIDADES A DOMICILIARES

Em Não-Me-Toque, onde as aulas foram suspensas para os anos finais a partir do dia 19 de março e educação infantil e séries iniciais dia 21 de março, a secretária municipal de Educação, Eli Xavier Donatti, em entrevista por telefone ao jornal A Folha, disse que a equipe pedagógica está mobilizada e trabalhando junto com as equipes diretivas para restabelecer o contato com os alunos e ministrar atividades a distância.

Um experimento piloto de atividades a distância monitoradas foi realizado com a Escola Municipal Valdomiro Graciano, do bairro jardim, e com a Escola de Educação Infantil Infância Feliz, bairro Alzirio Roos, turma do Jardim A.

– Paralisamos as atividades cumprindo o que as autoridades de saúde estavam indicando, mas não deixamos de pensar na educação. No dia 7 de março, quando deveríamos estar voltando, de acordo com o decreto municipal, apresentamos a proposta para as equipes diretivas, em reunião presencial individualizada, e as escolas iniciaram os planos de atividades com seus professores, que começaram a ser colocadas em prática nesta semana – explicou Eli Donatti.

Falando sobre as perdas no aprendizado, a secretária de Educação referiu-se à situação de pandemia que atingiu o mundo e que os efeitos sobre a educação e todos os outros setores ainda são desconhecidas.

– Será um ano escolar atípico, nunca vivido por nós, e que em algum momento fará alguma diferença. É possível que as atividades a distância cumpram com uma parte das atividades presenciais em sala de aula, mas temos que reconhecer que a situação não é igual para todos nossos alunos. Assim como temos famílias com mais estrutura, existem as que não têm acesso em casa a equipamentos tecnológicos, ambiente para estudos e orientação – avaliou.

Para minimizar a falta de acesso às tarefas de forma virtual, a Secretaria de Educação, junto com as equipes diretivas das seis escolas de ensino fundamental e em duas de educação infantil, definiram pela entrega de atividades impressas, a partir desta semana.

Educação Infantil está recebendo atividades para fazer em casa

As atividades foram preparadas pelos professores e entregues nas escolas, de forma escalonada, por turmas, para evitar aglomerações. Todas têm prazo para serem devolvidas e serão avaliadas pelos professores, tanto da educação infantil, como séries iniciais e séries finais (por área de conhecimento).

As duas escolas da zona rural – Amália Kerber e Carlos Gomes – que têm alunos residentes na cidade, estão distribuindo as tarefas a partir de escolas na cidade. Se algum aluno não for alcançado, a Secretaria de Educação fará a entrega individualmente.

Foi estabelecido que cada escola desenvolva 20 horas de atividades para as turmas de educação infantil e de 1ª ao 5º ano e 28 horas de atividades para alunos de 6º a 9º ano. Quanto aos alunos do sistema creche, as professoras estão mantendo contato direto com as famílias para não romper o vínculo, via telefone, aplicativo e rede social.

– Nossa equipe pedagógica da Secretaria debruçou-se com afinco e vem trabalhando intensamente com equipes gestoras das escolas para suprir, pelo menos em parte, a carência que a sala de aula está fazendo neste momento – enfatizou Eli Donatti.

Os planos de aulas a distância serão validados pelo Conselho Escolar e, por fim, pelo Conselho Municipal de Educação.

De acordo com a secretária Eli Donatti, o ensino a distância só está regulamentado para ensino médio, ensino técnico e universitário. Diante da atual situação, é possível que as atividades venham a ser validadas, mas dependerão de legislação, estabelecendo um percentual máximo para corresponder aos dias letivos.

– Estamos em contato direto com todas as esferas que estão tratando deste assunto, desde a Federação dos Municípios do RS até a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e o MEC. Nossa maior preocupação, no momento, é conciliar os cuidados com a saúde e a oferta de ensino monitorado a distância. Estabelecemos um plano até 30 de abril e, no momento, não temos como prever o que vai acontecer após essa data – comenta a secretária de Educação de Não-Me-Toque.

FORMAÇÃO

Enquanto não podem voltar à sala de aula, os professores da Rede Municipal de Ensino estão realizando formação on line, cursos oferecidos por meio da plataforma do Ministério da Educação (MEC).

A Secretaria de Educação também está organizando atividades para os monitores, estagiários, auxiliares de serviços gerais para que não fiquem totalmente ociosos. As atividades ocorrem a distância e também presencial, em grupos divididos, sempre com o cuidado para evitar aglomerações.

– Precisamos viver um dia de cada vez. Apesar da angústia que o imprevisível nos reserva, não paramos de trabalhar, sempre com muita cautela, acreditando que vai ficar tudo bem e estaremos fortalecidos como equipe – finaliza a secretária municipal de educação de Não-Me-Toque.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.