Quinta-feira, 02 de Julho de 2020
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 54 9 9932 7709
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
11°
7°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Destaques

Segundo estudo, 61% deixou de ir ao médico desde o início do coronavírus

Segundo estudo, 61% deixou de ir ao médico desde o início do coronavírus
05.06.2020 15h19  /  Postado por: helaine

Ao tentar conter a pandemia, sistema de saúde negligencia outros problemas. Secretário Marco Costa confirma que está ocorrendo agravamento na situação de pacientes que estavam em tratamento.

Desde que surgiram os primeiros casos de coronavírus na China em dezembro de 2019, o vírus têm se espalhado de forma devastadora em todo o mundo. No Brasil, além das medidas de segurança adotadas pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública e os estados, cada um se protege como pode. Reflexo disso, é o número de pessoas que deixaram de ir à um hospital ou centro de saúde, por medo de se infectar. Também ocorreu a paralisação do trabalho de profissinais da área médica e de clínicas de diagnóstico.

– No SUS raros são os serviços que estão atendendo. Execto os doentes da oncologia e hemodiálise, as demais especialidades credenciadas pelo SUS não retornaram – confira o secretário de Saúde Marco Costa.

– Temos uma paciente com problema urológico se agravando e não temos onde encaminhá-la para atendimento – complementa como exemplo.

Apesar de algumas clínicas de diagnóstico terem retomado o trabalho, o profissional médico que vai avaliar o exame e prescrever o tratamento para o paciente não está trabalhando pelo SUS.

RS e SC apresentam os menores percentuais

O site Trocando Fraldas, em seu mais recente estudo, constatou que de todos os entrevistados, pelo menos 61% deles deixaram de ir à uma consulta médica desde que a pandemia começou.

Em Roraima, pelo menos 74% dos participantes deixaram de ir à uma consulta médica desde que a pandemia começou. Logo em seguida aparecem o Acre, o Amazonas e a Paraíba com 70% dos entrevistados. Já no Rio de Janeiro, segundo estado mais afetado pelo vírus, 62% da população já deixou de ir ao hospital. E em São Paulo, o estado mais afetado, o percentual é de 59% dos participantes. Rio Grande do Sul e Santa Catarina são os estados que apresentam os menores percentuais, 50% e 49% respectivamente.

Covid-19 está generalizada

Ademais, constatamos também que, 3 em cada 7 brasileiros conhecem alguém que já foi infectado pelo coronavírus. Em São Paulo, 45% dos participantes conhecem alguém que já teve ou tem Covid-19. No Rio de Janeiro, mais da metade dos entrevistados conhecem alguém que já foi infectado pelo vírus. Cenário esse que se repete no Amazonas, Pará e Amapá, sendo que por lá esse percentual passa de 70%. Já no Rio Grande do Sul e em Minas Gerais, somente 20% da população conhece alguém que já pegou coronavírus.

 

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.