Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 54 9 9932 7709
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Alguns chuviscos
15°
15°C
Não-Me-Toque/RS
Alguns chuviscos
Ao Vivo:
Esportes

O jiu-jitsu: alternativa para superar desafios com qualidade de vida

O jiu-jitsu: alternativa para superar desafios com qualidade de vida
24.07.2020 10h42  /  Postado por: helaine

O instrutor de Jiu-Jitsu, Felipe Seiji, natural de São Paulo (capital), escolheu Não-Me-Toque para morar e seguir sua vida. E foi aqui, através da equipe R1, que continuou treinar a modalidade e, a também, dar aula para adultos, adolescentes e crianças. Com dedicação, colaboração e esforço conseguiu recursos ano passado para participar de um torneio mundial em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Seiji menciona a importância do Jiu-Jitsu na sua vida: “O fato de ir lá lutar soma demais como pessoa, dá uma bagagem enorme”.

– Cresci muito como pessoa participei de projeto social, pessoas idosos, todos como meus alunos, transformando meninos de NMT campeões estatuais e da regionais – comentou ao participar do programa esportivo Resenha da rádio A Folha.

Com a pandemia do novo coronavírus as aulas foram suspensas e adaptar-se à nova realidade está sendo preciso. A distância coordena trabalhos de mobilidade e motora. O esporte é dividido em competições por peso, faixa e idade.

Segundo Felipe, “muitos alunos não competem fazem Jiu-Jitsu por bem-estar”. A arte marcial fortalece para melhorar a qualidade de vida, diminuir stress, ajudar alcançar os objetivos de vida.

– Com JJ tive casos de crianças e jovens que ficaram mais responsáveis, antes, eram agressivos ou depressivos – salienta.

Uma criança pode começar a praticar JJ a partir dos 6 anos de idade, não importando se for menino ou menina. Segundo o instrutor de JJ, tem muitas informações do esporte na internet como no site da Confederação Brasileira de Jiu-Jijtsu – CBJJ: cbjj.com.br.

Como atleta, acumula muitas medalhas, pódios e conquistas. Porém, para conseguir patrocínio precisa competir, e se destacar. Isso para atrair o interesse de empresas, marcas em patrocinar atletas em diversas competições.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.