Sábado, 08 de Maio de 2021
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Ensolarado
21°
20°C
Não-Me-Toque/RS
Ensolarado
Ao Vivo:
Comportamento

Confira como o exercício físico pode ser o maior aliado contra os piores sintomas da Covid-19

Confira como o exercício físico pode ser o maior aliado contra os piores sintomas da Covid-19
05.03.2021 13h58  /  Postado por: A Folha
Por Laura Simon Marques

Estamos vivendo a pior fase da pandemia no Brasil, e com isso, vemos pessoas desesperadas em busca de algo que as impeça de pegar a doença, tomando remédios que não são unanimidade na classe médica, ou buscando curas milagrosas. O que muitos não sabem é que algo simples, como o exercício físico, pode ser o maior aliado para a proteção contra os piores sintomas da Covid-19. Mas, neste caso, exige algum esforço, não basta abrir o envelope e tomar.

Conversamos com Tiago Zulpo, graduado em educação física, pós-graduado em treinamento esportivo, acadêmico do sexto ano de medicina e professor na área de fisicultura há mais de quinze anos, para entendermos os benefícios de se movimentar nessa época tão difícil.

Segundo Zulpo, uma rotina bem orientada de treinos ajuda a diminuir, e em alguns casos, até eliminar, alguns dos principais fatores de risco da Covid-19. A hipertensão arterial, por exemplo, pois quando você se exercita, o aumento do fluxo sanguíneo estimula seus vasos sanguíneos a se tornarem mais elásticos, diminuindo a pressão arterial. A diabetes mellitus, síndrome metabólica e a obesidade são outros agravantes que podem melhorar com esse hábito.

— Durante o exercício, seu organismo realiza diversas reações metabólicas que produzem a quebra da gordura, reduzem os triglicérides, o colesterol ruim (LDL e VLDL) e aumentam o colesterol bom (HDL). As contrações musculares fazem com que a glicose passe do sangue para dentro da célula pra produzir energia, isso reduz a glicemia sérica, controlando a resistência à insulina e o Diabetes Mellitus. Os exercícios aumentam a massa muscular o que eleva a taxa metabólica basal, aumentando o consumo calórico e fazendo com que o organismo consuma ainda mais gordura, levando ao emagrecimento e ao controle da obesidade —, esclarece.

O especialista em preparação física reforça que os exercícios também são ótimos analgésicos e atuam reduzindo dores musculares, entre outros benefícios que, muitas vezes, são buscados nos medicamentos:

— O cansaço produzido pelo treino melhora a qualidade do sono. Além do mais, a endorfina liberada produz sensação de bem-estar e felicidade, o que ajuda a combater a ansiedade e a depressão.

Ele conclui com a velha máxima:

— É melhor prevenir do que remediar. Ter um corpo forte melhora suas defesas e diminui seus fatores de risco, melhorando a sua saúde e aumentando as chances de seu sistema imune combater infecções da melhor forma possível.

 

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.