Sexta-feira, 23 de Abril de 2021
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo limpo
26°
14°
25°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo limpo
Ao Vivo:
Agronegócios

Expodireto e bom momento do Agro são tema de debate

Expodireto e bom momento do Agro são tema de debate
O debate foi transmitido pelas plataformas do Correio do Povo.
10.03.2021 08h52  /  Postado por: A Folha
Por Assessoria de Imprensa e Marketing da Cotrijal

O Brasil está ainda mais em evidência no cenário mundial da produção de alimentos nesse período de pandemia, por continuar alimentando a população mundial. A afirmação fez parte das conclusões dos participantes do Correio Rural Debates, realizado nesta segunda-feira, 8/3, pelo Jornal Correio do Povo e Rádio Guaíba, com o tema “O Brasil no mercado mundial.

O tradicional debate que acontece durante a Expodireto Cotrijal desta vez foi realizado de forma virtual nas plataformas digitais do Correio do Povo e com transmissão ao vivo pela Rádio Guaíba. O evento contou com a participação do presidente da Cotrijal, Nei César Manica; do presidente da FecoAgro/RS, Paulo Pires; do economista da Farsul, Antônio da Luz; e do presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal, Ricardo Santin.

O momento do agronegócio frente aos desafios da pandemia, as projeções de aumento de produção de grãos no Brasil e o cenário político mundial foram os principais destaques das discussões. “A vocação do Brasil é a produção de alimentos. Temos tecnologia, área, produtores preparados, investimentos e muita vontade de fazer a diferença no campo”, comentou o presidente da Cotrijal, Nei César Manica.

O dirigente também chamou a atenção para a área agricultável no Brasil, que chega a 7,8%. “Temos todas as condições de seguir produzindo mais e com rentabilidade, sem agredir o meio ambiente e gerando renda para o nosso produtor”, esclareceu Manica.

Expodireto em evidência

Mesmo longe do parque, o tema Expodireto marcou a realização do encontro virtual. Antônio da Luz, economista da Farsul, reforçou a importância da feira para a economia do estado e para toda a cadeia do agronegócio. “A feira nos apresenta as novidades do setor, o que fará a diferença no campo. Ganha o produtor, a pesquisa e todo restante da cadeia”, reforçou.

O ciclo de debates seguirá nesta semana, com os seguintes temas: A transformação digital no campo; Desafios da produção sustentável.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.