Sexta-feira, 23 de Abril de 2021
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Ensolarado
26°
14°
22°C
Não-Me-Toque/RS
Ensolarado
Ao Vivo:
Destaques

Manifestação por direitos do comércio pelo auto sustento tem apoio dos Poderes de Não-Me-Toque

Manifestação por direitos do comércio pelo auto sustento tem apoio dos Poderes de Não-Me-Toque
Foto: Roger Amaral/Arquivo/A Folha.
10.03.2021 09h39  /  Postado por: A Folha
Por Laura Simon Marques

Empreendedores de Não-Me-Toque estão organizando uma manifestação para o dia 12 de março, sexta-feira, pelo direito de exercer sua atividade que gera auto sustendo através da dignidade do trabalho.

A manifestação acontecerá de carro, para evitar aglomerações e tumultos. A saída será do Campo do Colorado, às 9h, seguindo até a Prefeitura e, após  ao Fórum da cidade.

 Pelas pessoas que amamos, que perdemos, por descaso, por falta de profissionais qualificados, de equipamentos necessários, de UTI, e também em prol do sustento de muitas famílias, em prol da saúde mental, do fim da “ditadura”, pensando em todos que se prejudicaram e se prejudicarão de certa forma, se nada for feito e se não houver realmente uma união entre nós irmãos afirma Janaina Dreyer, uma das participantes do movimento.

Segundo os manifestantes, esse ato será repetido quantas vezes for necessário, até que consigam seus direitos.

Simplesmente queremos retomar nosso direito de trabalhar, todo trabalho, todo comércio, toda indústria é essencial. Pois por trás de cada comércio fechado existe um ser humano dependendo dele para ganhar o seu pão de cada dia. Estamos juntos afirmou Márcio Nikhorn.

Douglas Marchi, que apoia a manifestação disse:

Acredito que o protesto é também pelo governo do estado ter recebido muita verba, e não ter aumentado se quer um leito de UTI em Carazinho, que é nossa referência em saúde. São 9 leitos um ano de pandemia e nada mudou.

O protesto tem apoio dos Poderes do município. A equipe do Jornal e Rádio A Folha conversou com o vereador Cristiano Farias de Lima, presidente do Legislativo, sobre o assunto. 

— Os poderes de Não-Me-Toque deixaram claro, em várias declarações, de que somos a favor de todos terem condições de prover para o seu lar, todo trabalho é essencial quando ele é necessário para conseguir pagar as contas e alimentar a família — Ele declarou — Damos total apoio ao evento desde que ele seja bem organizado, e que possa estar chamando a atenção daqueles que realmente importam: o Governo do estado. Assim como outros municípios da região já fizeram, Não-Me-Toque também quer mostrar a sua força e sua inquietude com os decretos que vem do governo estadual. 

O vereador lembrou que a Câmara dos Vereadores está fazendo o possível para ajudar as famílias que estão com dificuldade financeira por conta do impacto da pandemia. Ontem, dia 8, em Sessão Extraordinária, foram aprovados três Projetos de Lei com este objetivo.

Projeto de Lei Complementar nº 009/2021 que prorroga o prazo de pagamento da Taxa Anual de Fiscalização (TAF), do Imposto sobre a propriedade predial e territorial e taxas correlatas (IPTU) e do Imposto sobre serviços de qualquer natureza (ISS Fixo), tendo em vista ampliar a data de vencimento das parcelas com desconto e sem desconto, no caso do IPTU e ISS Fixo, uma vez que nos encontramos em situação de pandemia,fazendo com que muitas pessoas não possam pagar com os descontos já previstos em lei. E da mesma forma, a TAF, cuja arrecadação está prevista para 30 de junho, propõe-se prorrogar para 30 de setembro.

Projeto de Lei nº 039/2021 que objetiva viabilizar a contratação de 04 (quatro) professores para o ano letivo de 2021, para o atendimento dos alunos da rede municipal de ensino, em virtude de:

  1. Uma contratação para substituição de servidora em afastamento de licença saúde família;
  2. Três contratações para atendimentos das turmas enquanto os titulares estão em hora atividade de estudo e planejamento, conforme art. 2º, §4º da Lei Federal nº 11.738/2008.

Projeto de Lei nº 041/2021 que Prorroga o prazo de pagamento da Taxa por Ações Básicas de Vigilância Sanitária, tendo em vista ampliar a data de vencimento estipulada em lei, que ocorre no mês de março, para o mês de junho de 2021, tendo em vista a situação de pandemia.

A entrevista completa com o vereador pode ser acessada pelo link: https://www.facebook.com/radioafolhafm/videos/438058823967382/

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.