Sábado, 08 de Maio de 2021
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo limpo
17°
10°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo limpo
Ao Vivo:
Região

Homens são presos em flagrante por furto de energia elétrica em Passo Fundo

Homens são presos em flagrante por furto de energia elétrica em Passo Fundo
Foto: João Victor Lopes/ Rádio Uirapuru.
23.04.2021 09h37  /  Postado por: A Folha
Por Uirapuru

A Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), recebeu informações através de funcionários de investigação da empresa RGE, que estavam averiguando quanto a denúncias de furto de energia elétrica. Prontamente o Delegado Murilo Juchen, juntamente com agentes da delegacia deslocaram ao local informado e constataram em flagrante delito, um profissional da área, cometendo ligação clandestina (gato).

De pronto, o homem de 48 anos foi abordado e identificado, qual alegou que estava fazendo o serviço a pedido do proprietário da empresa. Técnicos da RGE constataram de imediato no local, o desvio da energia elétrica para dentro do estabelecimento.

O eletricista recebeu voz de prisão em flagrante, sendo conduzido até a DPPA, onde foi autuado por furto de energia elétrica. Qual foi arbitrada a fiança, pagou e responderá em liberdade.

Em ação continua, os policiais Civis da DPPA, receberam novas informações de que haveria outra ligação clandestina, em um mercado no bairro Boqueirão. Os agentes, foram ao endereço, e com apoio dos técnicos foi comprovado o desvio de energia, de forma “gato direto” na fiação elétrica (fios do poste).

O proprietário do mercado, de 37 anos, foi preso pelos policiais em flagrante delito. No estabelecimento havia uma caixa de luz, com diversas ligações elétricas, sendo que era utilizada uma chave “contatora” por meio da qual a energia era desviada.

Na Delegacia, o empresário foi autuado em flagrante delito, pelo furto de energia elétrica. Foi arbitrada a fiança, qual pagou e responderá em liberdade.

O crime de furto de energia elétrica tem pena prevista de reclusão de 1 a 4 anos e multa.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.