Sexta-feira, 26 de Novembro de 2021
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
22°
16°
18°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Agronegócios

Secretaria de Agricultura e Segurança Pública preparam estratégias para combater golpes no campo

Secretaria de Agricultura e Segurança Pública preparam estratégias para combater golpes no campo
Secretária Silvana entregou ao secretário Ranolfo documentos e boletins de ocorrência sobre ação de criminosos no campo - Foto: Evandro Oliveira / Ascom Seapdr
23.11.2021 15h38  /  Postado por: A Folha
Por Ascom Seapdr

Há relatos e denúncias de criminosos que se apresentam como servidores públicos e utilizam o nome da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) para praticar estelionato em diferentes regiões do Estado. Por conta disso, a Seapdr e a Secretaria da Segurança Pública (SSP) preparam estratégia para apuração e combate aos golpes que prejudicam produtores rurais, prefeituras e vereadores no Estado.

A titular da Seapdr, Silvana Covatti, entregou ao secretário da SSP, Ranolfo Vieira Júnior, uma série de documentos e boletins de ocorrências policiais que tratam da ação dos criminosos. Segundo Silvana, os golpistas têm falsificado documentos oficiais do Estado para a prática dos crimes, além de estarem utilizando identificação nas chamadas telefônicas com o nome da Secretaria da Agricultura.

“Essa situação tem nos preocupado muito, tem lesado prefeituras e produtores rurais em diversos municípios, além de gerar um desgaste para a Secretaria da Agricultura”, afirma Silvana, ao lembrar que a pasta acionou, em julho deste ano, a Federação das Associações de Municípios (Famurs) para que ajude a divulgar nas prefeituras a existência desse tipo de golpe.

Diante dos relatos, o secretário da Segurança Pública comunicou que duas providências serão tomadas para conter a atuação dos criminosos. Uma delas será a realização de uma investigação centralizada desses casos pela Polícia Civil. Outra será a aproximação da instituição policial com a Famurs para informar e alertar os prefeitos quanto à prática do crime.

O chefe de gabinete da Secretaria da Agricultura, Erli Teixeira, explicou, na reunião realizada na quarta-feira (17/11), que os golpistas têm oferecido diferentes produtos e serviços em troca de depósito de valores, a título de pagamento de frete, custo de combustível e insumos em geral. Teixeira disse que os convênios com o Estado nunca envolvem depósitos em dinheiro para pessoas físicas. Os programas e políticas públicas são feitos por meio de convênios e termos de cooperação.

Nos últimos três anos, chegou ao conhecimento da Seapdr casos de golpes nos municípios de Erval Grande, Constantina, Condor, Tupanci do Sul, Capão Bonito do Sul, Inhacorá, Jaquirana, Porto Vera Cruz, Catuípe, Bozano, Coronel Pilar, Nova Esperança do Sul, Segredo, Novo Xingú e Santo Antônio de Palma.

A orientação é para que se alguma prefeitura ou produtor rural for contatado por algum golpista, registre boletim de ocorrência na delegacia de polícia mais próxima. Mais informações podem ser obtidas no gabinete da Secretaria de Agricultura no telefone (51) 3288-6205.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Página Inicial e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Prosseguir