Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2022
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
24°
18°
21°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Cultura e lazer

16ª Cavalgada Intermunicipal de Não-Me-Toque reuniu 17 grupos e 90 cavalos

16ª Cavalgada Intermunicipal de Não-Me-Toque reuniu 17 grupos e 90 cavalos
Foto: Arquivo A Folha
10.12.2021 16h57  /  Postado por: A Folha
Por Helaine G. Zart

A 16ª Cavalgada Intermunicipal de Não-Me-Toque mostrou que as atividades campeiras do tradicionalismo gaúcho permanecem fortes e com grande engajamento. Foram mais de 100 inscrições, pelo menos 90 cavalos participando nos dias 3, 4 e 5 de dezembro do trajeto que percorreu Colônia Saudades até o Assentamento Libertação Camponesa.

Foram 17 grupos inscritos vindos das cidades de Passo Fundo, Água Santa, Gentil, Carazinho, Tio Hugo, Panambi, Sarandi, Ibirubá, Victor Graeff e Lagoa dos Três Cantos.

Durante a abertura oficial, na noite de sexta-feira (3), o CTG Galpão Amigo prestou homenagem aos tradicionalistas Paulo Ivanor Simor e Dirce Madalena Pereira, ambos em memória.

Paulo, natural de Passo Fundo, foi tropeiro e domados, castrador de potros e castrador de pialos. Ajudou a criar o piquete de Laçador Tordilho Negro e o piquete Vira Boi, além de ser patrão do piquete do departamento tradicionalista Clube Industrial. Em um de seus feitos, Paulo tem mais de 8.000 km de cavalgada percorridos.

Dirce era parceira de festa, apaixonada por cavalgadas, além de ser uma mulher forte que levou consigo o tradicionalismo e a eterna paixão por abrir a pista de dança e começar o fandango.

O patrão do CTG, Jorge Celito Zuffo presidiu o ato de abertura que contou com a presença do prefeito Gilson dos Santos, vereadora Vanise Fritzen, representando a Câmara de Vereadores, além de Deoclécio Wolf, representando o presidente da Ordem dos Cavaleiros do estado, a coordenadora da 7ª Região Tradicionalista, Vanderléa Belegante Nervo, coordenador de Cavalgadas da 7ª RT, Verceli de Oliveira.

No percurso, em Colônia Saudades, na fazenda onde foi oficialmente fundado o Grupo Cavaleiros da Tradição, ocorreu homenagem póstuma ao apoiador João de Souza, na presença da viúva Neusa Bürgel de Souza, do filho Leandro e do Neto João Antônio.

O almoço de domingo marcou o encerramento do evento com entrega de troféus e certificados aos participantes, além de premiação:

Cavaleiros mais experientes:

Jorge de Quadros Filho, 78 anos, Não-Me-Toque

Marli Simor, 58 anos, Passo Fundo.

Cavaleiros mais jovens:

Pedro Marcon, 5 anos, Quinze de Novembro.

Matheus Didomenico Ório, 4 anos, Sarandi.

Júlia de Oliveira e 11 anos e Isaac Ficar, 4 anos, de Victor Graeff.

Maior delegação

Grupo de Cavaleiros Raízes da Terra, de Sarandi, com 17 participantes.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Página Inicial e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Prosseguir