Sábado, 28 de Maio de 2022
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
18°
14°
15°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Política

Convênio para pavimentação em Não-Me-Toque é assinado, município receberá R$ 696.530,58 do tesouro estadual para obra

Convênio para pavimentação em Não-Me-Toque é assinado, município receberá R$ 696.530,58 do tesouro estadual para obra
FOTO: FELIPE FONTOURA
21.01.2022 14h45  /  Postado por: A Folha
Por Felipe Fontoura

O município foi contemplado na segunda etapa do programa Pavimenta, coordenado por Busato no Governo do Estado

Assinado o convênio do Governo do Estado com o município de Não-Me-Toque, no âmbito do programa Pavimenta, para a realização de obra de pavimentação e drenagem do alargamento da avenida Dr. Waldomiro Graeff, com extensão de 365 metros, que faz a ligação da ERS-142 às cidades de Carazinho e Victor Graeff. A obra proporcionará mais segurança na área pavimentada, tanto aos carros e caminhões que trafegam pelo local, quanto aos que estacionam e usam a área diariamente. O valor total da obra é de R$ 995.043,68, sendo R$ 696.530,58 o valor concedente (Tesouro Estadual) e R$ 298.513,10 a contrapartida da prefeitura.

O prefeito Gilson dos Santos e o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano (Sedur), Luiz Carlos Busato, realizaram a assinatura do convênio nesta sexta-feira, 21/01, no Centro Administrativo Fernando Ferrari, em Porto Alegre. Ao todo, 406 municípios receberão obras de pavimentação em parceria com o Governo do Estado. O investimento total do governo gaúcho é de R$ 370 milhões.

Para o prefeito Gilson do Santos, o anúncio do repasse de recursos do Governo do Estado ao município de Não-Me-Toque deixou toda a comunidade local contente. “O programa Pavimenta permitirá darmos início à tão desejada revitalização da entrada da cidade. A obra mudará a cara do nosso município como um todo”, exalta.

De acordo com o secretário Luiz Carlos Busato, que coordena o programa no Governo do Estado, o Pavimenta representa uma mudança na forma de fazer gestão. “Não foi o Estado quem decidiu, de cima para baixo, que melhorias deveriam ser feitas nas cidades. Foram os prefeitos — que conhecem o dia a dia e a realidade de sua gente — que indicaram. Estamos falando de um investimento que vai passar na frente da casa das pessoas, na rua da escola ou da fábrica. Ou seja, o Estado cada vez mais perto das comunidades. Todas essas conquistas foram pavimentadas através de muito diálogo das administrações municipais com o governo do Estado ao longo deste ano e também graças à reestruturação financeira promovida na atual gestão do Estado com o apoio da Assembleia Legislativa”, afirmou Busato.

O Pavimenta beneficiará projetos de infraestrutura rodoviária incluindo obras de pavimentação (asfalto ou bloco de concreto), terraplanagem, drenagem e microdrenagem (meios-fios, bocas-de-lobo e redes), sinalização e acessibilidade. O objetivo é promover o fomento à cultura e ao turismo, acesso a bens, serviços e equipamentos públicos e aprimorar as condições para escoamento da produção, melhorando a qualidade de vida de todos os cidadãos. Após 30 dias de inscrição no mês de junho, 453 projetos foram enviados por 406 municípios. Além disso, 11 prefeituras pediram apoio do Estado para construção de um projeto executivo para futuras obras. O Pavimenta integra o programa Avançar, que reúne ações e investimentos do governo gaúcho em diferentes áreas, já ultrapassando R$ 4 bilhões.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Página Inicial e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Prosseguir