Sábado, 28 de Maio de 2022
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
18°
14°
15°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Agronegócios

Custos de produção no campo em 2021 foram os mais altos da história

Custos de produção no campo em 2021 foram os mais altos da história
26.01.2022 09h26  /  Postado por: A Folha
Por Farsul

Após registrar alta em todos os meses, o Índice de Inflação dos Custos de Produção (IICP) encerrou 2021 com aumento de 51,39%, o maior da história. Somente em dezembro, a elevação foi de 4,09% em relação a novembro. Os dados foram divulgados pela Farsul nesta segunda-feira (24). Antes, a maior marca havia sido registrada em 2015, quando o IICP chegou a 14,56%.

“O resultado, muito acima do que já havia sido observado anteriormente, é reflexo principalmente da menor oferta de insumos agrícolas, que encarece os preços, junto com a alta taxa cambial”, assinala a Farsul.

Ainda segundo a federação, o IICP de 2021 ficou bem acima do IPCA, o que significa que os custos de produção cresceram em maior velocidade que os preços gerais da economia ao consumidor.

“Já o Índice de Inflação dos Preços recebidos pelos Produtores Rurais (IIPR) teve uma alta de 1,19% em dezembro após três meses consecutivos de deflação. No acumulado, o indicador teve alta de 4,92% em 2021”, pontua a nota da Farsul.

Conforme a federação, o ano foi marcado pela elevação dos preços no primeiro semestre e queda no segundo. “O resultado ficou abaixo do IPCA Alimentos, que chegou a 7,94%. Isso significa que o aumento dos preços na gôndola não está somente atrelados aos valores recebidos pelos produtores. Existe uma série de processos da porteira até o consumidor final que contribuem para a formação dos preços dos produtos alimentícios nas prateleiras.”

Clique aqui para acessar o relatório completo

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Página Inicial e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Prosseguir