Sexta-feira, 01 de Julho de 2022
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo limpo
19°
18°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo limpo
Ao Vivo:
Notícias

Presidente da AL-RS reúne entidades do campo para tratar da estiagem

Presidente da AL-RS reúne entidades do campo para tratar da estiagem
Reunião com representantes de entidades ligadas à agricultura (Doto: Jorge Marcelo Antunes)
01.02.2022 15h07  /  Postado por: A Folha
Por Marcelo Antunes

Na primeira agenda oficial do novo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Valdeci Oliveira (PT), a pauta foi a forte estiagem que assola o estado.

O encontro ocorreu horas depois do parlamentar ter tomado posse, na noite de segunda-feira (31), e reuniu representantes de entidades vinculadas aos pequenos agricultores, como a Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da Região Sul (Fetraf), MST, Federação dos Trabalhadores na Agricultura no RS (Fetag), Federação das Cooperativas Agropecuárias do RS (FecoAgro), União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes), Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), além Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea).

O encontro serviu para discutir a organização de estratégias e ações conjuntas para o enfrentamento da longa estiagem pela qual passa o estado. De acordo com essas entidades, as medidas tomadas até aqui, tanto em nível estadual quanto federal, não dialogam firme e fortemente com a realidade das nossas lavouras e não estão dando conta de amenizar seus efeitos.

— É preciso discutir e articular a necessidade de uma nova cultura em relação a um problema que é recorrente. Mais do que políticas de governo é preciso se criar políticas de estado. E isso tem de ser pensado a curto, médio e longo prazos — avaliou Valdeci.

No encontro, que contou ainda com a participação dos deputados Edegar Pretto (PT) e Elton Weber (PSB), também se discutiu a necessidade de acelerar a tramitação do projeto de lei 115/2021, apresentado pela bancada do Partido dos Trabalhadores, que trata, entre outros pontos, da concessão de crédito emergencial para a agricultura familiar.

Os pequenos produtores rurais têm defendido a urgente e necessária liberação de recursos para o segmento, além de políticas públicas que sejam permanentes para o setor.

— Só neste sentido estamos falando de questões que envolvem a manutenção e criação de mão-de-obra no campo, produção de alimentos, segurança alimentar e a economia girando — destacou Valdeci.

Existe a previsão é de que a estiagem se prolongue até maio. De acordo com os representantes das entidades dos agricultores, uma pauta com medidas mais efetivas já foi apresentada ao governo gaúcho, mas sem respostas concretas até o momento.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Página Inicial e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Prosseguir