Sexta-feira, 01 de Julho de 2022
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo limpo
19°
17°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo limpo
Ao Vivo:
carreira

Empregabilidade: ensino superior aumenta chances de ingresso no mercado de trabalho

Empregabilidade: ensino superior aumenta chances de ingresso no mercado de trabalho
28.04.2022 10h30  /  Postado por: A Folha

Uma simples pesquisa na internet por vagas de emprego já é capaz de sinalizar a quantidade de postos de trabalhos que exigem ensino superior como requisito básico para se tornar um candidato. É um direcionamento do mercado de trabalho que se consolidou ao longo das últimas décadas e revela uma tendência que deve se tornar ainda mais efetiva nos próximos anos.

O Dia da Educação, comemorado em 28 de abril, é uma data que convida a sociedade a refletir sobre a importância do tema, principalmente no que diz respeito à educação como uma ferramenta de transformação para a sociedade, capaz de assegurar mais oportunidades e competividade na conquista e na manutenção de um emprego, com melhores salários e cargos.

Para a doutora em Educação, professora Clarice Vaz Peres Alves, o mercado de trabalho evolui rapidamente, o que exige profissionais capazes de gerar novos e consistentes conhecimentos. Por isso, a formação em um curso superior é o primeiro passo para quem deseja ampliar suas chances de se tornar um profissional capacitado e de obter uma remuneração adequada à sua formação.

Um dos indicadores que comprova a importância da educação na transformação da sociedade é o estudo realizado entre agosto e outubro de 2021 pelo Instituto Semesp — entidade que representa mantenedoras de ensino superior no Brasil. O estudo aponta um crescimento salarial para profissionais com ensino superior completo. O levantamento, feito com mais de 8.500 egressos e alunos de graduação do país, permite identificar a migração entre as faixas de rendimento mensal no período antes e após a graduação. Por exemplo, a quantidade de pessoas que recebem remuneração acima de R$ 5 mil teve crescimento de 135%, após a conclusão do ensino superior.

Dados da pesquisa apontam também que 78,8% dos egressos de instituições privadas consideram a graduação importante para entrar no mercado de trabalho.

—O egresso do curso superior é um profissional que amplia a sua empregabilidade. Ao iniciar a graduação, a maioria dos acadêmicos já traçam um plano de carreira e encaminham a sua formação para atuar em determinado setor, contudo, ao longo do curso conhecem novas de possibilidades de atuação e descortinam novos rumos—, destaca a docente.

O ingresso no ensino superior possui diversos atrativos, tais como o aumento de renda; maior acesso à saúde, aos bens e serviços e, até mesmo, à continuidade dos estudos, todavia, o principal atrativo deve ser transformar sonhos em realidade.
Fonte: Assessoria de Imprensa | Ideal H+K Strategies 
Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Página Inicial e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Prosseguir