Sexta-feira, 01 de Julho de 2022
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo limpo
19°
17°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo limpo
Ao Vivo:
Destaques

Dia Internacional da Imunização: o serviço de vacinação oferecido nas farmácias

Dia Internacional da Imunização: o serviço de vacinação oferecido nas farmácias
É preciso conferir no site a filial mais próxima com sala de vacinas e horário disponível
09.06.2022 17h45  /  Postado por: A Folha

É preciso conferir no site a filial mais próxima com sala de vacinas e horário disponível

As vacinas foram responsáveis pelo aumento de 30 anos na expectativa de vida e anualmente evitam cerca de 3 milhões de mortes, de acordo com estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS). Para alertar sobre a importância das vacinas, na proteção de pessoas de todas as idades, a data de 9 de junho foi instituída como Dia Internacional da Imunização.

Manter a vacinação em dia, tanto de crianças quanto de adultos, é uma das principais maneiras de evitar doenças, especialmente as infectocontagiosas. Vacinar é um ato de cuidado individual e também com a saúde coletiva, já que reduz a chance de uma doença se espalhar. Nenhuma pessoa deveria perder a vida por problemas de saúde que podem ser evitados com a imunização”, reforça o gerente de Serviços de Saúde da Rede de Farmácias São João, Roberto Canquerini.

Além do aumento da expectativa de vida e de milhões de mortes evitadas todos os anos, a vacinação contribuiu significativamente para a erradicação de doenças como sarampo, poliomielite, difteria e rubéola. O avanço da imunização também teve impacto na redução da mortalidade infantil que caiu 91,9% no país, de 1940 a 2019, conforme levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

São inúmeras as conquistas em relação à saúde pública, devido a vacinação. Porém, nos últimos dez anos o país tem enfrentado uma queda significativa na cobertura vacinal, motivada por falta de informação ou mitos. Isso acendeu um alerta para doenças que já estavam erradicadas no país, como a poliomielite que, após 30 anos sem registro de casos, a baixa taxa de vacinação colocou o Brasil na lista de ‘alto risco’ de volta da doença”, afirma o médico do Núcleo de Inovação em Serviços de Saúde da Rede de Farmácias São João, Dr. Jefferson Cunha.

O médico ainda explica que as vacinas ensinam ao sistema imune como reconhecer os vírus e ter uma resposta de defesa mais eficiente. Pessoas vacinadas têm menor chance de sofrer complicações, internação hospitalar e evolução para óbito.

Embora o índice de vacinação ideal seja acima de 90%, as taxas gerais de imunização têm ficado abaixo desse valor desde 2012, chegando a 50,4% em 2016. No último ano, a porcentagem foi de 60,7%, segundo informações do Datasus do Ministério da Saúde.

Existem diversos motivos que podem esclarecer essa queda nas coberturas vacinais. O mais evidente deles é que a população atualmente adulta foi devidamente vacinada na infância, quando doenças como o sarampo ou a poliomielite eram visíveis e a preocupação em vacinar as crianças era maior.

Hoje, como a doença desapareceu, os pais que foram beneficiados pela vacina e que por isso não conviveram com a doença, muitas vezes não percebem a importância da imunização. Por isso, é imprescindível mostrar que, apesar de raros os casos, as doenças ainda existem e que, portanto, é primordial vacinar as crianças”, finaliza o gerente de Serviços de Saúde da Rede de Farmácias São João.

Diferença entre vacinas do SUS e rede particular

Tanto as vacinas do SUS quanto da rede particular garantem proteção, porém existem algumas diferenças. As principais vantagens das vacinas oferecidas pela rede privada estão na maior proteção para evitar doenças e infecções, como é o caso da vacina contra HPV quadrivalente e a rotavírus pentavalente, além do menor número de picadas e doses, como é o caso da vacina hexavalente, onde apenas uma vacina protege contra 6 tipos de doenças – difteria, tétano, coqueluche, haemophilus influenzae tipo b, poliomielite e hepatite B.

Outra diferença está na faixa etária, em algumas situações a rede pública disponibiliza somente para uma determinada idade, como é o caso da vacina contra o HPV oferecida dos 9 aos 15 anos incompletos. Na rede particular, a mesma vacina está disponível também para adultos.

Algumas vacinas são administradas mais cedo pela rede particular, como é o caso da vacina da gripe, oferecida para todas as idades e disponível anualmente antes mesmo de começar a campanha da rede pública.

Ainda, existem as que estão disponíveis apenas na rede particular, como as vacinas contra a dengue, meningite B e herpes zóster.

Para o serviço de vacinação, nas filiais da São João tem a opção de escolha do melhor dia, incluindo finais de semana e horário estendido, com atendimentos inclusive à noite.

Salas de vacinação dentro das farmácias

A Rede de Farmácias São João dispõe de mais de 110 salas de vacinas dentro das filiais. São espaços modernos, confortáveis e seguros que seguem uma série de quesitos estabelecidos pela legislação sanitária.

Desde 2017, as farmácias possuem permissão no Brasil para aplicação de vacinas e cada filial passa por um processo de certificação junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para receber a autorização e iniciar a prestação desse serviço.

As vacinas são aplicadas por farmacêuticos habilitados, seguindo todos os protocolos de prevenção contra a covid-19. As filiais da São João oferecem horário estendido, incluindo finais de semana, estacionamento próprio e a possibilidade de agendamento para a aplicação da vacina, através do site: www.saojoaosaude.com.br.

É preciso conferir no site a filial mais próxima com sala de vacinas e horário disponível.

Vacinas disponíveis na São João

Dengue

Gripe Tetravalente

Febre Amarela

Haemophilus Influenzae B

Hepatite A

Hepatite B

Hepatite A + B

Herpes Zóster

Hexavalente (difteria, tétano, coqueluche, haemophilus influenzae tipo b, poliomelite e hepatite B).

HPV Quadrivalente

Meningocócica ACWY

Meningocócica B

Pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, haemophilus influenzae tipo b e poliomelite)

Pneumocócica 13

Pneumocócica 23

Rotavírus Pentavalente

Tetra Viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela)

Tríplice Viral (sarampo, caxumba e rubéola)

Tríplice Bacteriana (difteria, tétano e coqueluche)

Tríplice Bacteriana + Poliomelite

Varicela (catapora)

Sobre a Rede São João

A Rede de Farmácias São João é a 4ª maior do varejo farmacêutico do Brasil e a maior da região Sul (RS, SC e PR). Atualmente são mais de 900 lojas, cerca de 15 mil colaboradores e o compromisso “Cuidar da sua saúde é nossa missão”.

O atendimento ao cliente conta ainda com um aplicativo, o maior em número de lojas integradas na região Sul do Brasil, para oferecer mais comodidade ao cliente através do uso do celular. No APP da São João, além de todos os produtos disponíveis na Rede, tem as opções de compre e retire na loja, receba em casa, ofertas exclusivas e como encontrar a filial mais próxima.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Página Inicial e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Prosseguir