Terça-feira, 23 de Outubro de 2018
Telefone: (54) 3332-1699
Curta nossa página no Facebook:
24°
17°
22°C
Não-Me-Toque/RS
Nublado
Agronegócios

A cooperação da Cotrijal transformando vidas há 60 anos

09.07.2018 08h32  /  Postado por: upside

A Cotrijal conta hoje com mais de 7.300 associados e está presente em 32 municípios gaúchos

“Sociedades sustentáveis por meio da cooperação” é o debate que propõe o Dia Internacional do Cooperativismo em 2018. Neste 7 de julho, em todo o mundo se lembra da importância da cooperação e a Cotrijal reafirma a sua preocupação constante com o desenvolvimento social, econômico e cultural das comunidades em que está inserida – princípios que norteiam as ações da cooperativa há mais de 60 anos.

A Cotrijal trabalha unida para aumentar a produtividade e a rentabilidade e para manter o homem no campo e dessa forma promove o desenvolvimento de toda região onde está inserida, não apenas de pessoas isoladamente. E segundo o presidente Nei César Mânica, esse crescimento ocorre tanto economicamente quanto na melhoria da qualidade de vida.

“No mundo todo, o cooperativismo tem uma responsabilidade enorme tanto com a economia quanto com a questão social. Onde há uma cooperativa, o índice de desenvolvimento humano é superior. E isso fica ainda mais evidente em momentos de crise, pois nestas horas de dificuldades o cooperativismo se sobressai, dando segurança aos seus associados, contribuindo para sociedades mais sustentáveis”, destaca.

A temática do Dia Internacional do Cooperativismo em 2018 reforça ainda a necessidade do ‘Consumo e Produção Responsável’, alinhada aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – uma agenda propositiva elaborada pela Organização das Nações Unidas (ONU), com a intenção de erradicar a pobreza do mundo até 2030.

Os princípios do cooperativismo

Enio Schroeder, vice-presidente da Cotrijal, lembra que a sustentabilidade e o compromisso com a comunidade fazem parte do sétimo princípio do cooperativismo. “A Cotrijal trabalha constantemente para mostrar como a fraternidade e a solidariedade transformam vidas. Exemplo disso é a campanha do agasalho desenvolvida na cooperativa, que encerra neste 7 de julho, mostrando a força da cooperação”, exemplifica.

Família Cotrijal unida pela cooperação

“A Cotrijal só alcançou solidez e se tornou uma cooperativa de que todos têm orgulho porque o quadro social é muito unido. Nestes 60 anos de história, seguimos trabalhando conjuntamente para alcançar os melhores resultados para o produtor e para todos que estão inseridos de alguma forma a nossa volta”, acrescenta Schroeder.

A Cotrijal conta hoje com mais de 7.300 associados e está presente em 32 municípios gaúchos.

Associado à Unidade de Lagoa dos Três Cantos, Miguel Maldaner faz parte da “Família Cotrijal” desde 1999. “Para mim, ser cooperativista é o que diz o slogan da Cotrijal: todos juntos somos fortes. Estamos unidos nas horas boas e nas ruins. Fazemos parte de um sistema diferenciado, que pensa nas pessoas”, revela.

Ponto de equilíbrio

Para o associado da Cotrijal na Unidade de Colorado, Fabricio Zatt, o cooperativismo une desenvolvimento econômico, social e ambiental. “Somando forças e compartilhando resultados para uma economia local mais forte. Por isso, tenho orgulho de ser cooperativista”, destaca.

Pessoas trabalhando com objetivos iguais

Diemerson Aciel Borghardt, associado da Cotrijal de Victor Graeff, opina que a cooperação significa um grupo de pessoas que busca objetivos iguais. “Com o cooperativismo conseguimos mais força no mercado. A escala hoje é muito importante para conseguir melhores preços. Ou seja, juntos somos grandes e temos o respeito do mercado”, expressa.

“Ser cooperativista é saber que eu tenho com quem contar quando as dificuldades aparecem e que tenho parceiros para compartilhar as minhas vitórias, depois de superar os obstáculos”, corrobora o associado da Unidade da Cotrijal de Igrejinha – Coqueiros do Sul, Ezequiel Alan Weber.

Força da cooperação

Heitor José Palharini, associado de Não-Me-Toque, propõe uma reflexão: “O que estamos fazendo em prol do cooperativismo? Estar alinhado com este sistema é pensar nas pessoas que estão ao nosso redor, fazer o bem, ajudar o próximo e a sua comunidade. Por tudo isso, a Cotrijal é para mim um exemplo de cooperativismo”, comenta.

Os donos da cooperativa

Ricardo César Tomazoni, associado da Cotrijal em Vista Alegre, lembra da importância de todos serem atuantes e participativos dentro da entidade cooperativa. “O sistema cooperativista veio para desenvolver as pessoas e as comunidades. A paixão pelo cooperativismo está em nosso sangue e em nosso coração”, conclui.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Cotrijal

A Cotrijal trabalha unida para aumentar a produtividade e a rentabilidade e para manter o homem no campo e dessa forma promove o desenvolvimento de toda região onde está inserida

Confira programa de rádio especial sobre o Dia Internacional do Cooperativismo

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.