Passo Fundo/RS: Tempo nublado
Carazinho/RS: Chuvas esparsas
Passo Fundo/RS: Tempo nublado
Carazinho/RS: Chuvas esparsas

Notícias

23 de fevereiro de 2006

Produtores rurais pedem atenção do governo federal

Mais de 8 mil produtores rurais e pessoas ligadas ao setor agropecuário, representantes de 30 municípios, se reuniram na tarde de quarta-feira (22) em Tio Hugo, para reivindicar novas políticas agrícolas. A manifestação, no entroncamento das rodovias BR-386, RS-223 e RS-153, não paralisou o trânsito, só chamou a atenção dos motoristas que passaram devagar e receberam panfletos com as reivindicações da classe produtora rural.
o presidente do Sindicato Rural de Não-Me-Toque, Wilibrordus van Lieshout, afirma que a retomada do crescimento no campo só se dará se houver renegociação de todas as dívidas acumuladas devido às frustrações das últimas safras. “A principal reivindicação do movimento é por um prazo de 20 anos para pagar, junto com diminuição das taxas de juros e interferência no câmbio”, explicou.
Participaram do Grito de Alerta, levando apoio, prefeitos, deputados, vereadores e lideranças estaduais e regionais dos segmentos da agricultura, comércio e serviços. No palanque improvisado, quem usou a palavra destacou a necessidade de discussões para garantir renda mínima aos agricultores, redução da carga tributária, alongamento das dívidas e uma política agrícola baseada em não só em financiamentos.
Na tarde de quinta-feira (23), representantes de todos os setores que contribuíram para a realização do Grito de Alerta se reuniram no Parque da Expodireto para avaliar a manifestação.
A Carta do Grito de Alerta, que contém os pleitos do setor, foi levada em mãos pelo presidente da Cotrijal, Nei César Mânica, ao Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, para ser entregue no dia 24, durante audiência no Palácio do Planalto.

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Permitir