Sábado, 24 de Agosto de 2019
Telefone: (54) 3332-1699
Curta nossa página no Facebook:
Parcialmente nublado
20°
7°C
Não-Me-Toque/RS
Parcialmente nublado
Polícia

Sociedade se une por mais segurança

18.04.2017 16h00  /  Postado por: upside

texto e foto: Felipe Keller
reporter@afolhadosul.com.br

Poder público e setor privado conhecem proposta para Grupo de Apoio à Delegacia de Polícia
O presidente do Poder Legislativo, Maiquel Delano Silva, vem mediando o dialogo do delegado de Polícia Civil, Gerri Adriani Mendes, para implantação de um grupo de apoio para a Polícia Civil de Não-Me-Toque. Ontem, na Câmara de Vereadores, a proposta foi apresentada para a direção da Acint e empresários. O Grupo de Apoio é uma associação jurídica que dialoga com a Polícia Civil, atendendo as principais demandas do órgão.

De acordo com o delegado, a sociedade poderá colaborar com material de escritório, na manutenção e, também, com equipamentos de defesa do policial, podendo adquirir armas, munição e coletes a prova de bala. Gerri Adriani Mendes informou que toda aquisição ficará a disposição para uso da polícia, mas permanece em propriedade do Grupo de Apoio.

– O delegado ou policial não participa diretamente da diretoria. O patrimônio adquirido de uso da polícia é do Grupo – confirmou.

Proposta do delegado no encontro com a Associação Comercial tratou da viabilidade de uma entidade de apoio à Polícia Civil

Delegado no encontro com Acint tratou da viabilidade de uma entidade de apoio à Polícia

O chefe da polícia ressaltou que os encontros com a associação comercial, classe empresarial, nas empresas e poderes Executivo e do Legislativo é uma forma de iniciar o diálogo, apresentando a proposta que busca a participação da sociedade civil no fortalecimento da atividade investigativa.

Maiquel Delano destacou que a intenção é de colaborar no trabalho da polícia da melhor forma possível, estabelecendo uma parceria pública e privada.

– Isso decore devido à carência de recursos para a área da segurança que afeta os municípios e, diretamente, a vida dos cidadãos – resumiu.

Na segunda-feira (3), a proposta foi apresentada ao prefeito Armando Roos. A Prefeitura poderá contribuir, segundo delegado, cedendo estagiários na área da administração e do direito. Esta modalidade de Grupo de Apoio já existe nos municípios de Carazinho e Ibirubá.

 

 

 

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.