Sábado, 16 de Fevereiro de 2019
Telefone: (54) 3332-1699
Curta nossa página no Facebook:
Parcialmente nublado
25°
17°
19°C
Não-Me-Toque/RS
Parcialmente nublado
Destaques

Não-me-toquenses são vítimas de estelionato por meios de venda nas casas

Não-me-toquenses são vítimas de estelionato por meios de venda nas casas
Policiais da Brigada Militar prenderam dois em flagrante e apreenderam o veículo
18.01.2019 15h37  /  Postado por: helaine

Policiais da Brigada Militar prenderam dois em flagrante e apreenderam o veículo

Na manhã desta sexta-feira (18), a Polícia Civil de Não-Me-Toque, prendeu dois homens, um do Rio de Janeiro e o outro de São Paulo, que estariam aplicando golpes através da venda de kits de edredom. A prisão dos dois indivíduos aconteceu no Bairro Industrial, quando um homem notou que a venda se tratava de um estelionato e

desta forma foi chamado Brigada Militar.

Segundo informações levantadas pela reportagem da rádio 90.9  FM, os estelionatários estavam em uma saveiro de cor preta, uma montana de cor vermelha (SP-FYP 4778) e outra de cor branca, percorrendo os bairros da cidade e realizando a venda de kits de edredom e enxoval para cama. A vítima relatou ter demonstrado interesse  em realizar a compra, quando os homens ofereceram a condição de R$ 300,00 reais por caixa com parcelamento em até 10x no cartão de crédito.

Ao efetuar a compra de duas caixas, a vítima parcelou a compra conforme a proposta dos vendedores, a transação foi autorizada normalmente, fazendo com que o golpe passasse despercebido no momento.

Após, receber mensagens no celular da operadora do cartão, a vítima consultou o saldo da conta e percebeu que teria sido lesada em mais de R$ 2 mil reais. Todo o saldo e limite da conta da compradora foi raspado, como se ela tivesse realizado a compra com valores muito superiores, configurando a prática de estelionato, realizada pelos vendedores.

Tiquet da máquina de cartão imprime apenas a operação realizada, mas estrato mostra que a operação foi realizada diversas vezes até o limite do cartão

Até o final da manhã desta sexta, mais de quatro pessoas já registraram boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia Civil de Não-Me-Toque. Estima-se que mais pessoas possam ter sido lesadas com a prática.

A orientação repassada pelas autoridades é para que ás pessoas realizem a verificação da conta junto ao banco e se constatado descontos indevidos, os mesmos procurem a Polícia imediatamente.

Mais dois homens conseguiram fugir e buscas estão sendo feitas na região. Qualquer informação pode ser repassada através do telefone 190 da Brigada Militar ou 197 da Polícia Civil.

Texto e fotos: Roger Amaral – Jornalismo Rádio 90.9 FM 

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.