Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019
Telefone: (54) 3332-1699
Curta nossa página no Facebook:
Tempo nublado
23°
18°
22°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo nublado
Agronegócios

Coprel inaugura ampliação, modernização e automação da Usina Cascata do Pinheirinho

Localizada no interior de Ibirubá, a usina tem capacidade ampliada com investimento superior a 4 milhões de reais
Coprel inaugura ampliação, modernização e automação da Usina Cascata do Pinheirinho
Coprel realizou investimento superior a R$ 4 milhões, elevando em quase 70% o potencial de geração de energia sem impacto ao meio ambiente, para atender 800 famílias
30.09.2019 09h50  /  Postado por: helaine

Coprel realizou investimento superior a R$ 4 milhões, elevando em quase 70% o potencial de geração de energia sem impacto ao meio ambiente, para atender 800 famílias

A CGH Cascata do Pinheirinho, primeira usina da Coprel, adquirida em 1993, e que marcou o início da trajetória da cooperativa na área de geração de energia, foi ampliada, modernizada e automatizada. O resultado do investimento de mais de 4 milhões de reais foi apresentado na manhã de 26 de setembro. A solenidade de inauguração foi realizada na usina, na localidade do Pinheirinho, interior de Ibirubá (RS), com a presença da direção da Coprel – presidente Jânio Vital Stefanello, vice-presidente Elso Scariot e secretário Décio Floss, conselheiros de administração, fiscal e consultivos, cooperantes, colaboradores, fornecedores de materiais e serviços, moradores da localidade, presidente e representantes de cooperativas, e lideranças municipais e regionais, incluindo o prefeito de Ibirubá Abel Grave, prefeito de Saldanha Marinho e presidente do Comaja, Volmar Telles do Amaral, e o diretor de energia da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Infraestrutura, Eberson Thimming Silveira.

O objetivo da ampliação da CGH Cascata do Pinheirinho foi aplicar a tecnologia existente hoje para aproveitar todo o potencial de geração hidrelétrica do rio, com a instalação de mais uma turbina, gerador e limpa-grades. Foi feita a instalação de pórtico e talha para o transporte de equipamentos e abertura das comportas.

A Coprel também realizou adequações na estrutura física da casa de máquinas e barragem, aumentando ainda mais a sua segurança. Outra importante melhoria foi a implantação do telecomando: com a instalação de internet 100% fibra ótica da Triway, toda a operação da usina agora está automatizada, sendo realizada diretamente pelos técnicos e engenheiros no Centro de Operação do Sistema – COS, na sede da Coprel. Este conjunto de obras totalizou um investimento de R$ 4.302.282,24.

Adequações na estrutura física da casa de máquinas e barragem e instalação de telecomando foram inovações anunciadas pelo presidente Stefanello

A potência instalada da CGH Cascata do Pinheirinho foi aumentada de 0,52MW para 0,88 MW. Ainda assim, se enquadra na classificação da ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, como CGH (Central Geradora Hidrelétrica), que são usinas com geração de até 5 MW de potência, com baixo impacto ambiental.

Em seu pronunciamento na inauguração das obras, o presidente Jânio Vital Stefanello destacou a importância do investimento.

Este dia é muito especial para a Coprel Geração e Desenvolvimento. Inaugurar um investimento superior a 4 milhões, elevando em quase 70% o potencial de geração de energia sem impacto ao meio ambiente, em uma usina que já possui 26 anos de funcionamento, demonstra o quanto valorizamos a geração limpa e renovável, o potencial da nossa região e dos nossos recursos. A realização desta obra também demonstra a qualificação da nossa equipe Copreliana, sempre atenta aos avanços tecnológicos e inovações existentes no mercado de geração e distribuição de energia, propondo melhorias após muitos estudos, avaliações técnicas e financeiras, e principalmente, com responsabilidade socioambiental.

Usina Cascata do Pinheirinho

A CGH Cascata do Pinheirinho é um exemplo de que a geração hídrica continua sendo uma matriz energética muito importante, tanto nos quesitos econômicos quanto ambientais. A pequena usina não consome água do rio – a água apenas passa pela turbina e segue seu curso normal. Também não possui reservatório – o rio fica quase que em sua totalidade dentro da sua própria calha, assim, praticamente não há geração de áreas alagadas. A beleza do local (cascatas, flora e fauna) é preservada, pois além de possuir baixo impacto ambiental, todo o processo de licenciamento envolve planos de conservação de áreas de preservação permanente. A capacidade instalada da Usina Pinheiro é suficiente para atender atualmente 800 famílias.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.