Sábado, 27 de Novembro de 2021
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
22°
16°
16°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Notícias

Escola Sete ganha imóvel da ex-aluna Mônica Schmieddt

Escola Sete ganha imóvel da ex-aluna Mônica Schmieddt
19.06.2020 16h44  /  Postado por: A Folha

A direção da Escola Sinodal Sete de Setembro foi surpreendida, no mês de abril, com a doação de um terreno. Mônica Schmiedt, falecida prematuramente, aos 54 anos, em 28 de março de 2016, manifestou em vida seu desejo de contribuir com a formação educacional de crianças e adolescentes de Não-Me-Toque, doando para a escola que frequentou, o terreno que recebeu de herança.

Mônica, que foi uma cineasta e produtora reconhecida no cenário cultural do Brasil, sempre reconheceu que devia sua formação educacional à Escola Sete de Setembro, e deixou manifestado que era seu desejo retribuir à instituição de ensino os ensinamentos que teve e levou para a vida.

– A ex-aluna Mônica Schmiedt nos surpreendeu e emocionou com seu desejo. Sua vida, precocemente interrompida, deixa um legado cultural para o Brasil, por meio de sua obra, e, de forma muito especial, para a comunidade escolar Sete de Setembro. Como representante desta instituição de ensino, sinto orgulho de termos formado uma cidadã com tal desprendimento. Estamos imensamente gratos à Mônica por esse grande presente que será usado conforme seu desejo – declarou a diretora Neiva Heller.

O terreno de mil metros quadrados na esquina da Rua Cel. Alberto Schmitt com a Rua Pinheiro Machado, localizado em frente à escola, ao lado da casa onde Mônica nasceu e viveu durante sua infância, será utilizado pela escola para prática esportiva e de recreação, atividades que fazem parte da formação dos alunos.

Homenagem a Não-Me-Toque

No dia 18 de novembro de 2010, a cineasta fez uma homenagem a sua cidade natal. Ela escolheu Não-Me-Toque para a primeira exibição no interior do Brasil do documentário “Doce Brasil Holandês”, que foi exibido com no auditório da Expodireto Cotrijal. A sessão que teve a presença de convidados foi comentada pela diretora e produtora. Alunos do sexto e sétimo ano de todas as escolas tiveram oportunidade de assistir.

Mônica Schmiedt

Filha de Irmfried Schimiedt e Hilde Schmiedt, ambos falecidos, ao longo da sua carreira, iniciada nos anos 1980, ajudou a projetar o cinema do Rio Grande do Sul no Brasil. Foi uma das fundadoras da Casa de Cinema da capital.

Também foi produtora de alguns dos mais importantes filmes gaúchos na década de 80, como “Verdes Anos”, de Giba Assis Brasil e Carlos Gerbase, “Me Beija” e “O Mentiroso”, ambos de Werner Schünemann, “Ilha das Flores” de Jorge Furtado e mais tarde, “O Quatrilho” de Fábio Barreto, grande sucesso de bilheteria e que concorreu ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 1996.

Seu último filme “Prova de Coragem”, com Mariana Ximenes e Armando Babaioff no elenco, foi lançado em 12 de maio. O longa-metragem tem roteiro e direção de Roberto Gervitz e é baseado no livro “Mãos de Cavalo”, de Daniel Galera.

Mônica Schmiedt foi sepultada no Cemitério da Comunidade Evangélica (IECLB) em Não-Me-Toque.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Página Inicial e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Prosseguir