Sábado, 24 de Outubro de 2020
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 54 9 9932 7709
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
30°
18°
22°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Destaques

Não-me-toquenses cumprem trajeto de bicicleta até Rio Grande

Não-me-toquenses cumprem trajeto de bicicleta até Rio Grande
João Rodrigues, André e Admilson superam desafio de viajar até sul do estado na cidade de Rio Grande.
16.10.2020 11h13  /  Postado por: A Folha

O trio de ciclistas, Admilson Rodrigues da Silva, André Cruz e João Rodrigues, pedalou até a cidade de Rio Grande, região Sul do estado, no passeio ciclístico que teve partida na sexta-feira (9) e somou mais de 500 quilômetros de pedaladas até o feriado de 12 de outubro. Os três praticantes da modalidade esportiva se preparam por semanas, fisicamente e mentalmente, com amplo planejamento para realizar a viajem.

Os ciclistas contaram com um carro de apoio, para manutenção das bicicletas, agasalhos, comida e água. A partida, com destino a Rio Grande, ocorreu em frente à Bike Mania, às 18h30min. A primeira e rápida parada aconteceu na cidade de Soledade para reabastecer água e se alimentar.

A segunda parada, na cidade de Herveiras, onde passaram a noite, acampados numa pracinha da comunidade. No sábado (10 de outubro) a viagem seguiu até Rio Pardo, para reabastecer, concluindo o dia em Encruzilhada do Sul, onde foram recebidos pelo Corpo de Bombeiros que disponibilizaram espaço seguro para que pudessem acampar. No domingo (11 de outubro) chegada em Rio Grande. O pouso, próximo a praia do Cassino, foi na casa de um amigo de infância de Admilson.

– Eu pedalo há três anos, e para mim esta não foi minha primeira aventura e nem será a última se Deus quiser. Já tinha feito outras, com uma quilometragem mais baixas (100km – 200km – 250km – 300km e agora 562,84Km), pois a gente sempre aprende um pouquinho e passa também para os nossos companheiros – destaca André Cruz.

Dificuldades encontradas

O longo passeio ciclístico também carrega uma série de fatores a serem superados. Segundo André, “a primeira é o trânsito intenso de veículos”. Outra é a mudança climática, irregularidade do asfalto, buracos na pista, pedalar à noite, entre outros que possam surgir numa aventura de bicicleta de longa distância.  André Cruz, aponta um conselho para quem pretende fazer uma viajem semelhante com mais um dia de viajem.

– É muito importante todos saberem, para sua própria segurança, que é preciso ter uma bicicleta revisada e sinalização – salientou.

Acima de tudo, é preciso estar confiante em superar o desafio:

– Quando você quer de verdade alguma coisa, não tem dificuldade que te derrube.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.