Sábado, 28 de Maio de 2022
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
18°
14°
15°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Destaques

Sandra Massing: Deus é maior do que o câncer

Sandra Massing: Deus é maior do que o câncer
30.10.2020 10h33  /  Postado por: A Folha

Sou Sandra, tenho 36 anos e venho hoje contar um pouco da minha historia.

Em dezembro de 2019, descobri um caroço no meu seio, fiz os exames e, em abril de 2020, recebi a notícia que estava com câncer de mama, um triplo negativo. De todos os cânceres de mama, é considerado o mais agressivo.

É impossível descrever o que senti naquele momento. Fiquei sem chão, bateu o medo da morte, a angústia do tratamento e o desespero de ver todos os planos e sonhos jogados ao vento. Foram 5 minutos até eu me recompor, então me armei de fé e coragem. Mesmo sabendo que a batalha seria dura, eu sabia também que lutar era a única escolha válida e, que Deus estava comigo.

Em maio iniciei a quimioterapia. Na primeira semana, eu passei tão mal, que esqueci toda aquela motivação. Quis desistir da luta, chorei muito porque achei que não suportaria mais 19 sessões. Foram dias difíceis, mas seriam piores se Deus não estivesse comigo.

Em 14 dias, o cabelo caiu todinho, e mesmo sabendo que este era o menor dos problemas, doeu, dói fisicamente e psicologicamente, porque, ao me olhar no espelho, eu via a doença estampada na minha cara.

Mas eu acreditava que Deus iria me dar a cura.

Com certeza, não fiquei uma gracinha careca. Mas, saber que não precisaria lavar o cabelo todo dia e não precisar depilar foi “UAU”! Com isso, percebi que podia tirar algo de bom de tudo. Ocorreu-me que somente Deus poderia sentenciar a minha saída do palco da vida. Venci meus medos, arranquei os sorrisos da gaveta do desespero e reavivei minha fé.

Com o passar das semanas, senti meu corpo enfraquecer, e mesmo que parecesse forte, eu sabia que ele já não era mais o mesmo.

O câncer foi devastador, ele me tirou quase tudo, menos a fé. Não me entreguei ao derrotismo, passei a viver um dia de cada vez. Fiz novos planos e novos sonhos, coloquei Deus em todos eles.

É, vida que segue.

Hoje, já encerrei a primeira fase, que eram as sessões de químio, estou me preparando pra fazer a cirurgia de mastectomia total.

Então, digo a vocês, mesmo com um diagnóstico de câncer, é possível viver a vida com prazer. Tenha fé, onde há vida, há esperança, e se você a perdeu, faça o favor de reencontrá-la.

Estou à disposição pra trocar experiências, dar e receber apoio, ou apenas segurar na mão, porque tudo o que precisamos na vida é amor circulando.

Que Deus, em sua infinita bondade, possa fortalecer cada um de vocês, levando a cura a quem precisar. Desejo que minha história sirva de exemplo, força e motivação.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Página Inicial e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Prosseguir