Terça-feira, 21 de Setembro de 2021
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Chuvas esparsas
20°
11°
15°C
Não-Me-Toque/RS
Chuvas esparsas
Ao Vivo:
Destaques

Governo autoriza empenho de recursos indicados pelo senador Heinze para usina de asfalto na região da Amaja

Governo autoriza empenho de recursos indicados pelo senador Heinze para usina de asfalto na região da Amaja
A gestão do projeto de pavimentação, possibilitada pela usina, formada pelos equipamentos, será feita pelo Comaja
04.08.2021 20h19  /  Postado por: A Folha
Por Assessoria Senador Luis Carlos Heinze

O senador Luis Carlos Heinze (PP/RS) foi representado por sua assessoria na Assembleia Geral da Ascamaja – Associação das Câmaras de Vereadores do Alto Jacuí, na última sexta-feira, 30 de julho. O evento aconteceu no município de Tapera, coordenado pelo presidente da entidade, Roberto Forchesatto, vereador de Fortaleza dos Valos. A Ascamaja compreende 20 cidades do Alto Jacuí.

A gestão do projeto de pavimentação, possibilitada pela usina, formada pelos equipamentos, será feita pelo Comaja

Na oportunidade, o assessor parlamentar Renato Bonadiman noticiou o empenho de R$ 2,4 milhões, junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional, para a aquisição de uma usina de asfalto na região, por indicação do senador Heinze. Além desse valor, o projeto tem mais R$ 1,5 milhão destinado pelo deputado federal Pedro Westphalen (PP/RS), para aquisição de máquinas e equipamentos.

A gestão do projeto de pavimentação, possibilitada pela usina, formada pelos equipamentos, será feita pelo Comaja. O governo do estado e empresas apoiadoras também devem participar com recursos, por meio de dedução do ICMS.

Na fase inicial, serão pavimentados os acessos da ERS 506 – Ibirubá a Santa Bárbara do Sul – 37 km; ERS 510 – Fortaleza dos Valos a Cruz Alta – 21 km e ERS 451 – Não-Me-Toque a Colorado – 21 km, totalizando 79 km. Na sequência, outros trechos serão definidos pelo consórcio.

“A ideia dessa usina que integra os municípios da região é reduzir os custos das obras. Hoje, o DAER gasta cerca de R$ 1,8 milhão por quilômetro de pavimentação asfáltica. Com o consórcio, as estradas poderão ser pavimentadas pela metade disso. Os equipamentos vão aumentar a capacidade asfáltica das prefeituras. Uma articulação que realizei junto com o meu suplente, ex-prefeito de Tapera, Ireneu Orth”, pontuou Heinze sobre o empenho do recurso.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.