Terça-feira, 21 de Setembro de 2021
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Chuvas esparsas
20°
11°
15°C
Não-Me-Toque/RS
Chuvas esparsas
Ao Vivo:
Colunista e Opinião

Dica de Leitura: quanto a salvação da humanidade custaria?

Dica de Leitura: quanto a salvação da humanidade custaria?
03.09.2021 16h20  /  Postado por: A Folha
Por Laura Simon Marques

Ficção científica é um gênero popular porque explora questões sociais de hoje em um ambiente em que eles se tornam mais destacadas, como um futuro utópico ou distópico.

Em “Despertar”, de Octavia E. Butler, escritora que leva o título de “dama da ficção científica”, a Terra está inabitável. Pouquíssimos sobreviventes das tragédias climáticas e das guerras que assolaram o planeta ainda resistem. Até que um dia, um milagre: os Oankali, alienígenas, salvam os poucos seres humanos restantes e ainda restauram o planeta terra. Mas o preço que eles cobrarão por isso pode ser caro demais.

A narrativa segue a personagem principal, Lilith, tendo que lidar com essa nova realidade e a esse preço que será cobrado pela ajuda. O livro levanta várias discussões sobre temas importantíssimos, desde como lidamos com as diferenças até qual é a principal característica que define o ser humano. Butler não é sútil com seus questionamentos, mas ela também não dá respostas prontas. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Esse livro deixa perguntas que vão ecoar na sua mente durante um bom tempo depois da leitura. As reflexões e questionamentos que ficamos quando terminamos um livro dela são maiores e mais importantes do que o próprio entretenimento que eles oferecem – embora esse lado também não fique para trás.

Despertar foi escrito em 1987, mas é mais ou tão atual quanto um lançamento de 2021.

 

Título: Despertar

Autora: Octavia E. Butler

Editora: Morro Branco; 1ª edição (5 novembro 2018)

Idioma: ‎Português

Capa comum: 352 páginas

ISBN-10: 8592795532

ISBN-13: 978-8592795535

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.