Passo Fundo/RS: Tempo nublado
Carazinho/RS: Chuvas esparsas
Passo Fundo/RS: Tempo nublado
Carazinho/RS: Chuvas esparsas

Notícias

Chuva de granizo causou estragos em Ijuí. Foto: Defesa Civil Estadual / Divulgação

8 de setembro de 2021

Defesa Civil do RS contabiliza 15 cidades com estragos em razão das chuvas

Por Redação Acontece no RS

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul divulgou, no final da manhã desta quarta-feira, boletim informativo sobre a situação das cidades afetadas pelas chuvas que atingem o Estado nos últimos dias. Ao menos 15 cidades informaram estragos em razão dos temporais. Cerca de 165 pessoas foram afetadas.

As cidades que relataram estragos foram: Pejuçara, Ijuí, Santana do Livramento, Uruguaiana, Julio de Castilhos, Tupanciretã, Santa Maria, São Vicente do Sul, Santiago, Panambi, São Francisco de Assis, Unistalda, Cachoeira do Sul, Nova Esperança do Sul e São Pedro do Sul.

Em Pejuçara, a chuva trouxe danos em lavouras de trigo. Em Ijuí, cerca de 600 residências tiveram algum tipo de estrago. A Defesa Civil entregou 3.300 m² de lonas para as famílias atingidas.

Já em Panambi, 40 casas ficaram destelhadas pela chuva de granizo. E em São Pedro do Sul, 30 residências seguem afetadas e parte da cidade está sem energia elétrica.

Uma nova atualização da Defesa Civil Estadual deverá ser divulgada ao longo desta quarta-feira.

Elevação dos rios

Com o alto volume de chuvas, a situação dos rios começa a ser monitorada pelas autoridades. A bacia do rio Uruguai deve ultrapassar a cota de inundação na cidade de Alegrete nesta quarta-feira. Em São Sebastião do Caí, os níveis do rio Caí também estão em elevação. A previsão é do Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM), que monitora as bacias hidrográficas e divulgou boletins extraordinários na manhã de hoje.

No bairro Rui Ramos, em Alegrete, o nível do rio Ibirapuitã deve atingir 10,11 metros por volta das 10h. A cota de inundação é atingida em 9,7 metros, e o rio já ultrapassou os 8,5 metros que indicam cota de alerta. O nível do rio Ibirapuitã apresentou subida de quase 7 metros nas últimas 24 horas. As demais estações de monitoramento da bacia estão em elevação, mas ainda abaixo do limite de atenção.

A bacia do rio Caí está na cota de alerta nas cidades de Passo Montenegro e São Sebastião do Caí. Por volta das 17h desta quarta-feira, o nível provavelmente atingirá 5,37 metros em Passo Montenegro, onde a cota de inundação ocorre em 6 metros, e 8,58 metros em São Sebastião do Caí, que inunda quando o rio atinge 10 metros. Em ambos os municípios, a chuva acumulada nas últimas 24h ultrapassou os 50 milímetros.

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Permitir