Quarta-feira, 26 de Janeiro de 2022
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
C
Não-Me-Toque/RS
Ao Vivo:
Economia e Negócios

Aposentados do INSS que ganham acima do salário mínimo terão reajuste de 10,16%

Aposentados do INSS que ganham acima do salário mínimo terão reajuste de 10,16%
11.01.2022 15h14  /  Postado por: A Folha
Por R7

Os aposentados, pensionistas e segurados que recebem benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) acima do salário mínimo devem ter reajuste de 10,16% este ano. No ano passado, o reajuste foi 5,45% este ano.

A correção corresponde à variação da inflação medida de janeiro a dezembro de 2021. O INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que serve como base para este cálculo, foi divulgado nesta terça-feira (11) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Com o reajuste, o teto do INSS – valor máximo das aposentadorias pagas pela Previdência Social – deverá passar de R$ 6.433,57 para R$ 7.087,22. Os valores ainda devem ser publicados no Diário Oficial da União (DOU).

O aumento também vale para benefícios por incapacidade e deve ser aplicado para todos os que já estavam recebendo seus benefícios a partir de 1º de janeiro deste ano.

Para quem recebe o mínimo

O reajuste para aposentados, pensionistas e segurados que recebem o salário mínimo seguirá o valor do piso nacional que passou de R$ 1.100 no ano passado para R$ 1.212 em 2022.

O aumento no valor do salário mínimo terá reflexos não só na remuneração dos trabalhadores, mas também em benefícios como aposentadorias, pensões e outros que são pagos pelo INSS, além de seguro-desemprego, abono do PIS e Benefício da Prestação Continuada (BCP-Loas).

A contribuição do INSS, da mesma forma, passará a ser paga pelo novo valor do mínimo.

Confira calendário de pagamentos de aposentados do INSS de 2022

O pagamento dos benefícios do INSS para aqueles que recebem um salário mínimo os depósitos referentes a janeiro serão feitos entre os dias 25 de janeiro e 7 de fevereiro. Segurados com renda mensal acima do piso nacional terão seus pagamentos creditados a partir de 1º de fevereiro.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Página Inicial e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Prosseguir