Quarta-feira, 06 de Julho de 2022
Telefone: (54) 3332-1699
Whatsapp: 054 9 9715-2658
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Chuvas esparsas
22°
14°
21°C
Não-Me-Toque/RS
Chuvas esparsas
Ao Vivo:
Agronegócios

Plano Safra 2022/23 será robusto e mundial, diz ministro da Agricultura

Plano Safra 2022/23 será robusto e mundial, diz ministro da Agricultura
Foto: Divulgação
08.06.2022 08h55  /  Postado por: A Folha

O Plano Safra 2022/23 deverá ser robusto, contribuindo com recursos para toda a agricultura do país, disse ao Notícias Agrícolas nesta terça-feira (07) o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcos Montes, durante o evento One Agro 2022, realizado pela Syngenta em Campinas (SP).

“O governo está empenhado em fazer um Plano Safra robusto. O presidente Bolsonaro tem dado essa orientação. Nós precisamos de alimentar o Brasil, claro, mas precisamos também de alimentar o mundo. É isso que nós estamos criando e construindo um Plano Safra que nós estamos chamando de mundial. Acredito que nos próximos dias a gente tenha boas notícias”, disse.

Em termos de recursos, se o plano permanecer com o montante destinado à safra passada, pode chegar a R$ 330 bilhões em crédito e R$ 22 bilhões a R$ 23 bilhões de recursos do Tesouro Nacional para equalização de juros em 2022/2023. A questão fiscal está no radar.

O documento está sendo elaborado com o Ministério da Economia, representantes do setor e parlamentares. Ainda não há previsão de divulgação do novo plano.

O ministro destacou ainda que o governo tem trabalhado para levar as melhores condições de crédito à agricultura familiar, pequenos e médios produtores, principalmente, por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp).

O ministro já havia destacado anteriormente que para os grandes produtores o governo estava atuando para instrumentos de financiamento privados.
Outro foco do Plano Safra 2022/23 é ser verde e azul, segundo o ministro, com crédito para adoção de práticas sustentáveis na produção rural.

O ministro também disse a jornalistas sobre a questão dos fertilizantes. Disse que a próxima safra está salva.

Por Notícias Agrícolas
Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Página Inicial e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Prosseguir