Passo Fundo/RS: Tempo nublado
Carazinho/RS: Tempo nublado
Passo Fundo/RS: Tempo nublado
Carazinho/RS: Tempo nublado

Notícias

Foto: Divulgação

25 de setembro de 2023

Setembro Verde: desejo de doar órgãos pode ser registrado gratuitamente

Foto: Divulgação

No próximo sábado, 30 de setembro, das 9h às 11h30, o 2º Tabelionato de Notas de Passo Fundo realiza, com o apoio da Organização de Procura de Órgãos (OPO 4), sediada no Hospital São Vicente de Paulo, uma ação para orientar a população sobre a possibilidade de registro do desejo de ser doador de órgãos.

A escritura pública será feita, de forma gratuita e sigilosa, por qualquer pessoa com mais de 18 anos e vontade própria de expressar a intenção em ser doador. “Para isso, basta apresentar um documento oficial com foto e escolher uma pessoa de confiança que será responsável por lembrar os familiares da decisão. Neste momento, a Central de Transplantes é comunicada para informar aos hospitais quando o óbito ocorrer”, explica a tabeliã de Notas, Alexandra Passaia.

A Lei 9.434 de 1997 que trata de Transplantes diz que o cônjuge ou parente maior de idade, até o segundo grau, precisa autorizar a retirada de tecidos, órgãos e partes do corpo de pessoas falecidas. Por isso, a manifestação da vontade em registro e também em conversas são ferramentas importantes para tentar reduzir o número de negativas dos familiares.

A implementação da Central Notarial de Doação de Órgãos foi possível graças a um termo de cooperação firmado entre o Colégio Notarial e o Governo do Estado. A campanha incentivando o registro gratuito faz parte da Segunda Jornada de Assessoramento Notarial do RS e tem ainda o apoio do Poder Judiciário, da Associação dos Notários e Registradores, do Cremers e demais Organizações de Procura de Órgãos (OPO).

Atualmente, o Rio Grande do Sul está em 6º lugar entre os estados brasileiros com o maior número de pessoas na lista de espera por um órgão. O cartório 2º Tabelionato de Notas de Passo Fundo fica localizado na Rua Coronel Chicuta, nº 561, centro. Outras informações sobre o registro das escrituras declaratórias de manifestação de vontade de ser doador podem ser obtidas pelo telefone (54) 3311 3422.

A INFORMAÇÃO É FUNDAMENTAL PARA AMPLIAR A DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

Vinte duas foi o total de negativas registradas pela equipe de captação de Órgãos do Hospital São Vicente de Paulo em 2023. O número pode parecer pequeno, mas segundo estimativa da OPO 4 se as doações tivessem sido concretizadas ao menos 80 pessoas poderiam estar fora da lista de transplantes. Atualmente, o Rio Grande do Sul está em 6º lugar entre os estados brasileiros com mais pessoas na lista de espera por um órgão.

A enfermeira do serviço, Fabiana Dal Conte Buzatto, afirma que as condições para doação eram favoráveis, no entanto, as famílias não aceitaram por não saberem a vontade do doador ou por desconhecimento do processo. “Normalmente o que acontece é que os familiares invariavelmente respeitam o desejo do doador manifestado em vida, por isso é fundamental falar sobre o assunto entre si. Desta forma, conseguiremos reduzir as negativas na hora da decisão e aumentar ainda mais a doação de órgãos”.

O médico coordenador da Organização de Procura de Órgãos, Dr. Cassiano Ughini Crusius, reforça que o protocolo de constatação da morte é um processo extremamente rígido e sério. “Primeiro um médico testa seis reflexos do cérebro para verificar se ele ainda tem viabilidade. Uma hora depois outro médico repete os testes em tempos diferentes para comprovar o óbito. Por último, um terceiro médico faz exames de imagem atestando a morte cerebral. Uma vez declarado o diagnóstico não há dúvidas sobre o resultado. Por isso, apesar da perda e da dor emocional de quem fica, a morte biológica é irreversível”.

Há pessoas que dependem de um transplante para viver e pacientes que aguardam um fígado, rim, coração, pulmão ou córneas para terem mais qualidade de vida. “Levar informação sobre a causa é um compromisso permanente do HSVP, porque cada dia de espera é um dia a menos de esperança para quem está na fila. Então, te convido a aproveitar o Dia Nacional de Doação de Órgãos, celebrado em 27 de setembro, para contar a todos sobre o seu desejo de salvar vidas. E, também, não se esqueça de registrar que quer ser doador na ação do próximo sábado, junto ao 2º Tabelionato de Notas”, pediu a enfermeira Fabiana.

Créditos: Ana Paula Koenemann - Comunicação HSVP Passo Fundo

Mapa Astral
Nenhum item encontrado.

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Permitir