Passo Fundo/RS: Chuva
Carazinho/RS: Chuva
Passo Fundo/RS: Chuva
Carazinho/RS: Chuva

Notícias

As 11 integrantes do comitê e as colaboradoras facilitadoras participaram da reunião de encerramento

11 de dezembro de 2023

Mais elas cotrijal: programa encerra atividades de 2023

Um ano de muitas conquistas e aprendizados. Essa foi a avaliação das integrantes do comitê Mais Elas, grupo responsável pela articulação do programa de cunho educativo voltado para as produtoras da Cotrijal. Esse foi o primeiro ano de ações do projeto, criado em outubro de 2022.

Para o presidente da Cotrijal, Nei César Manica, as entregas do programa Mais Elas é motivo de orgulho para a cooperativa. “Apesar das dificuldades deste ano, tanto na safra de verão, quanto na safra de inverno, não deixamos de realizar nenhuma das ações do nosso planejamento estratégico, previstas para as mulheres do nosso quadro social. Isso demonstra o comprometimento da cooperativa no desenvolvimento dessas produtoras e a dedicação do comitê para entregar o belo trabalho que fizeram”, parabenizou o dirigente no encontro de encerramento de ano do programa.

A reunião, que marcou o encerramento das atividades do programa Mais Elas em 2023, foi realizada na sala do conselho da Cotrijal, em na sede da cooperativa Não-Me-Toque na manhã do dia 29 de novembro. Na ocasião as mulheres também definiram o planejamento de ações para 2024. O momento contou ainda com a participação das facilitadoras, que são colaboradoras da Cotrijal que auxiliam o comitê na aproximação e relacionamento com as produtoras em cada município.

“O programa tem atuação em todos os 53 municípios em que a Cotrijal está presente. Dividimos a área de abrangência da cooperativa em oito regionais, cada uma com um núcleo feminino, que conta com o apoio de uma ou duas integrantes do comitê, dos gerentes de unidades e das colaboradoras que chamamos de facilitadoras. Assim conseguimos engajar todos nossos colaboradores para atuar junto ao programa, gerando mais possibilidades para mais de 300 produtoras”, explica o Vice-presidente da Cotrijal, Enio Schroeder.

As 11 integrantes do comitê Mais Elas voltam a se encontrar em janeiro, para dar início as atividades de 2024.

 

Da curtida ao compartilhamento

Já a última atividade para todas as integrantes do grupo foi realizada na tarde do dia 22 de novembro, de forma online. Mais de 100 mulheres participaram de um workshop sobre redes sociais e segurança na internet com Laura Coutinho, jornalista da Cotrijal, e Tiago Silva, analista de redes sociais da cooperativa.

Na ocasião as participantes puderam conferir como utilizar os recursos de diferentes aplicativos para a criação de conteúdo digital, perfis de mulheres do agro para acompanhar e cuidados fundamentais para evitar golpes e problemas online.

 

Por mais mulheres na cooperativa

Atualmente o programa Mais Elas da Cotrijal conta com mais de 320 participantes, entre elas 11 mulheres integrantes do comitê, responsável por organizar as atividades do projeto. Em 2023 foram mais 20 encontros, sendo 10 para o grupo geral e 13 para o comitê, totalizando 32 horas de capacitação dessas mulheres.

Além dos momentos de formação, o programa ainda contou com dois eventos especiais em 2023: o primeiro dia de campo para mulheres e o 28º encontro de mulheres. Realizado em fevereiro deste ano, o dia de campo contou com informações técnicas sobre a produção de grãos e estratégias financeiras para o negócio, recebendo mais de 300 mulheres. Já o tradicional encontro de mulheres da cooperativa reuniu mais de 2 mil mulheres no parque da Expodireto, em outubro de 2023.

Nos últimos 20 anos a Cotrijal registrou um aumento de mais de 800% no número de associadas. Hoje a cooperativa soma mais de 3270 associadas, sem contar esposas e filhas de associados. O objetivo da cooperativa é se aproximar das mulheres rurais, fornecendo capacitação para que elas contribuam cada vez mais na gestão das propriedades e que participem mais ativamente da cooperativa.

 

Confira a avaliação das integrantes do comitê sobre o ano de 2023:

  • Agueda Maria Kunz

“Esse primeiro ano foi de passos de formiguinha, pois estamos iniciando esse grande projeto, mas já temos bons resultados como a disseminação do conhecimento e a valorizção do papel da mulher do campo. Papel que é muito importante, tanto ao lado do homem na gestão da propriedade, quanto na sucessão familiar, garantindo o futuro do negócio familiar e da cooperativa. Sem dúvidas, o programa possibilitou fortificar os laços entre as produtoras e a Cotrijal, que é como uma segunda família”, comenta a produtora de Lagoa dos Três Cantos.

  • Andreia Proença Adames

“O programa Mais Elas é espetacular, pois ele engloba as mulheres de diferentes regiões dando oportunidades para que elas participem mais da agricultura, fornecendo conhecimento técnico e sobre cooperativismo. O programa em 2024 estará ainda melhor do que o de 2023, com diversas programações diferenciadas e encontros que aproximam as mulheres e a cooperativa”, indica a produtora de Passo Fundo.

  • Cassieli da Silva Lima Sanotto

“Esse ano nos carregamos de informações e de motivações, levando mais oportunidades para as mulheres nos núcleos. Com isso temos percebido uma maior participação das mulheres, assumindo posições no negócio e valorizando o papel dela na família e na cooperativa. Para 2024 temos muitas expectativas e desejo de que o programa continue crescendo e de que mais mulheres possam se beneficiar com ele.”, declara a produtora de Água Santa.

  • Jaciara Wink Jost

“O programa Mais Elas trouxe diversos benefícios, novas amizades e muito conhecimento. Acredito que foi uma ótima oportunidade de aprendizado para todas as mulheres que participaram, desde as palestras sobre comunicação, até os cursos de gestão da propriedade, contribuindo para a valorização dessas mulheres no negócio rural. Isso também contribui para a cooperativa, que agora conta com a participação ativa dessas mulheres”, expõe a produtora de Vera Cruz.

  • Lisiane Maria Weber

“O ano de 2023 foi muito desafiador para todas nós do grupo, pois é o início desse grande programa, entretanto foi uma oportunidade para nos conhecermos melhor e nos unir em torno de um único objetivo, de integrar as mulheres da cooperativa e levar mais conhecimento para elas. É uma honra fazer parte do comitê e trabalhar junto a Cotrijal. O Mais Elas é uma semente que plantamos agora, para colher bons frutos no futuro”, afirma a produtora de Não-Me-Toque.

  • Marcia Sinon Bergmann

“Está sendo uma experiência muito boa! Para 2024 estamos planejando encontros para fortalecer a relação entre as mulheres de cada regional. Eu por exemplo represento uma região com 16 municípios, e precisamos de uma forma eficaz para alinhar as mulheres em todas essas cidades”, expressa a produtora de Soledade.

  • Mariane Erig Muller

“O programa tem sido uma oportunidade para aproximar as mulheres da Cotrijal, que entenderam melhor como funciona a cooperativa. E a mulher precisa participar mais na gestão da propriedade, algumas precisam de um empurrãozinho e incentivos a mais, que é onde a cooperativa tem buscado auxiliar”, menciona a produtora de Santo Antônio do Planalto.

  • Marieli Altmeyer Hermann

“Nesse ano de 2023 nós tivemos oportunidades de crescimento pessoal, de agregar conhecimentos, vivenciar novas experiências e de ter um novo olhar sobre o cooperar. Iniciamos uma bela caminhada ao lado das cooperadas, esposas e filhas de cooperados. Foi ouvindo as demandas dessas mulheres que conseguimos promover atividades como o primeiro dia de campo para as mulheres, visita às unidades da cooperativa e o curso de gestão financeira da propriedade. Hoje a Cotrijal é referência quando se fala em comitê de mulheres em cooperativas.”, analisa a produtora de Saldanha Marinho.

  • Marina Neuhaus

“Temos uma boa avaliação do trabalho realizado até aqui, foi um começo interessante para esse grande programa. Para 2024 estamos elaborando mais atividades, com base nas conversas que realizamos com as participantes para compreender os pontos de melhoria e o que podemos acrescentar ao programa. Acreditamos que o calendário de 2024 será muito satisfatório para todas as mulheres da cooperativa”, aborda a produtora de Tio Hugo.

  • Sueli Maria Dessoy

“Esse ano vimos uma grande evolução do programa Mais Elas. Estamos conseguindo trabalhar cada vez mais com as nossas associadas, e isso nos motiva a seguir com esse trabalho, aproximando ainda mais as mulheres da cooperativa e gerando mais oportunidades para nossas mulheres do agro. Ainda temos espaço para crescer e aos poucos vamos melhorando, já que nosso objetivo é trazer cada vez mais participantes para o Mais Elas”, relata a produtora de Almirante Tamandaré do Sul.

  • Tania Tonet Milanese

“Eu já participava do comitê no modelo anterior e desde aquela época buscávamos uma forma de ampliar o projeto para que mais mulheres pudessem acessar o conhecimento, contribuindo ainda mais para o desenvolvimento das famílias, das propriedades e das comunidades. Nós estamos muito felizes com esse novo modelo no programa Mais Elas, um espaço pensado para as mulheres cooperadas, além do apoio que recebemos das unidades. Para 2024 queremos atender ainda mais demandas das mulheres, com outras palestras e atividades”, conta a produtora de Colorado.

 

Por Laura Coutinho | Assessoria de Imprensa da Cotrijal

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Permitir