Passo Fundo/RS: Tempo nublado
Carazinho/RS: Chuvas esparsas
Passo Fundo/RS: Tempo nublado
Carazinho/RS: Chuvas esparsas

Notícias

Terminal registrou um movimento de 240 mil passageiros no ano passado, superando em dobro a estimativa do governo para o ano

23 de janeiro de 2024

Edital de concessão do aeroporto Lauro Kortz aguarda homologação da Agergs

O edital para concessão dos aeroportos de Passo Fundo e Santo Ângelo devem sair entre janeiro e fevereiro. Depois de ser aprovada pela Agência Nacional de Aviação, a proposta do governo foi analisada pelo Tribunal de Contas do Estado e recebeu recomendações técnicas. Agora, está na fase de homologação dos editais e contratos pela Agergs.

O Secretário de Concessões e parcerias, Paulo Capelupi, disse que a partir da publicação do edital, as empresas interessadas terão 90 dias para se prepara para o leilão. Entre o resultado final, os prazos de recursos e de assinatura dos contratos, o governo estima que a concessão estará concluída no segundo semestre deste ano. E, antes mesmo da concessionária assumir os terminais, há um período de transição com a Infraero, responsável hoje por administrar os dois aeroportos.

O modelo adotado pelo Estado é o de Parceria Público Privada que prevê investimento total de R$ 102 milhões, incluindo R$ 29 milhões de recursos públicos. Santo Ângelo vai ficar com a maior parte do investimento, R$ 67 milhões, e Passo Fundo os outros R$ 35 milhões. Isso porque, o Lauro Kortz passou por uma reestruturação recente com pista revitalizada e novo terminal, além de equipamentos novos.

O valor do investimento foi ampliado para o edital, segundo Capelupi, por conta do aumento de passageiros, superando a própria estimativa. Em 2023, o Lauro Kortz recebeu mais de 240 mil passageiros, o dobro da previsão inicial. O resultado terá impacto na concessão, já que as ofertas poderão também superar a estimativa do Estado.

A concessionária vencedora assumirá o compromisso de investir a maior parte dos recursos em três anos. A concessão será de 30 anos e os investimentos serão determinados pela demanda dos dois terminais.

Fonte: Rádio Uirapuru

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Permitir