Passo Fundo/RS: Tempo limpo
Carazinho/RS: Tempo limpo
Passo Fundo/RS: Tempo limpo
Carazinho/RS: Tempo limpo

Notícias

Ponte foi reconstruída pela comunidade com doações e foi inaugurada dia 18 de janeiro (Foto PMNRS)

23 de janeiro de 2024

Governador confirma que vai construir outra ponte em Nova Roma do Sul

Ponte foi reconstruída pela comunidade com doações e foi inaugurada dia 18 de janeiro (Foto PMNRS)

Mesmo com a ponte construída pela comunidade, liderada pela Associação Amigos de Nova Roma, depois de ter sido destruída pela enchente em 5 de setembro de 2023, o Governo do RS pretende construir outra maior.  

Conforme anunciado pelo governo do estado, as obras da nova ponte entre Nova Roma do Sul e Farroupilha, na ERS-448, devem se iniciar ao longo deste ano. A estrutura, que terá 180 metros de comprimento. Em fevereiro, técnicos do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), vinculado à Secretaria de Logística e Transportes (Selt), devem finalizar o anteprojeto da nova ponte. Em março, o documento será encaminhado para a Central de Licitações do Estado (Celic).

Confira as explicações do governador Eduardo Leite:

—A construção da nova ponte metálica que liga Nova Roma do Sul e Farroupilha é um belo exemplo de mobilização popular, digna de elogios. Pela necessidade de uma estrutura melhor e em reconhecimento ao esforço da comunidade, continuamos trabalhando no projeto da nova ponte, que prevê uma estrutura mais robusta, mais alta, maior e em traçado diferente do que existe hoje, que vamos viabilizar com rec

ursos do Estado – já que o governo federal descartou repassar recursos da Defesa Civil por considerar que a ponte entregue recentemente retira a emergencialidade.

O projeto do Daer prevê capacidade para veículos de até 45 toneladas, com duas vias e acostamento nas duas laterais.

De acordo com o diretor-geral do Daer, Luciano Faustino, a estrutura que será construída, além de obedecer a padrões técnicos de qualidade, também atenderá às necessidades logísticas do município, possibilitando o tráfego de cargas e de passageiros que a estrutura atual não comporta. A previsão de custo dependerá da reestruturação orçamentária, que será finalizada em fevereiro. Quanto ao prazo de conclusão da obra, só será definido após a definição do orçamento.

—Além disso, pelas normas técnicas vigentes, é necessária uma elevação da cota da ponte para garantir que tenha capacidade de atender a vazão de novas cheias. Essa ponte está cerca de quatro metros acima da estrutura antiga—, comenta Faustino.

Fonte: Governo do Estado 

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Permitir