Passo Fundo/RS: Chuvas esparsas
Carazinho/RS: Chuvas esparsas
Passo Fundo/RS: Chuvas esparsas
Carazinho/RS: Chuvas esparsas

Notícias

Onda de calor no Rio Grande do Sul já dura quase duas semanas e teve as maiores temperaturas até agora de 2024 em algumas cidades neste fim de semana. Em Não-Me-Toque, após a tarde de calor, veio uma chuva que chegou a arrancar um galho de uma árvore em frente a escola Geny | Foto: William Roese/A Folha

12 de fevereiro de 2024

Onda de calor: até quando a temperatura segue tão alta?

A onda de calor no Rio Grande do Sul completou hoje doze dias em mais uma jornada tórrida no estado com marcas perto dos 40ºC e valores de sensação térmica acima dos 40ºC. Na história recente, somente os anos de 2010 e 2014 tiveram sequência de dias tão quentes na primeira metade de fevereiro.

Em 2010, embora máximas ainda mais altas que as de agora à tarde, as noites foram muito mais quentes que no episódio atual. Em 2014, por sua vez, as máximas à tarde em especial foram mais extremas a ponto de Porto Alegre ter ficado a 0,1ºC do seu recorde absoluto de máxima.

Foi um fim de semana inteiro de calor intenso para os gaúchos. No sábado, a sensação térmica à tarde chegou a 43,5ºC em Porto Alegre. Ontem, o calor se acentuou em algumas regiões com as maiores máximas, como se esperava, no Oeste, nos vales e na região metropolitana.

De acordo com dados de estações do Instituto Nacional de Meteorologia, as máximas deste domingo foram as mais elevadas desta onda de calor em algumas cidades. O órgão anotou máximas de 39,5ºC em Quaraí; 39,2ºC em Campo Bom; 39,1ºC em Alegrete; 38,6ºC em Uruguaiana; e 38,1ºC em São Borja.

Já estações automáticas particulares registraram neste domingo 39,9ºC em Parobé; 39,4ºC em Porto Xavier; 39,2ºC em Três Coroas; 39,0ºC em Taquara; 38,9ºC em Porto Vera Cruz; e 38,8ºC em Rolante.

Este domingo foi o dia de calor mais intenso até agora no ano em várias cidades da Grande Porto Alegre. Além dos registros de 39,9ºC em Parobé e de 39,2ºC em Campo Bom, estações meteorológicas na região indicaram 37,7ºC em São Leopoldo; 37,4ºC em Viamão; e 37,2ºC em Canoas. Em Porto Alegre, com o ingresso de nuvens ao meio-dia, a máxima ficou em 36ºC.

Mas até quando vai esta prolongada onda de calor?

Essa é a pergunta que os nossos ouvintes e leitores têm feito sistematicamente e cuja resposta é muito simples: muito em breve. A onda de calor está perto do fim, mas nós gaúchos teremos que suportar um dia mais de calor excessivo e abafamento.

Projeção do modelo meteorológico alemão Icon de desvio da temperatura em relação à média para a tarde desta segunda-feira com indicativo de calor intenso ainda no Rio Grande do Sul e ar mais ameno já aparecendo no Uruguai | METSUL

Isso porque esta segunda-feira de Carnaval será mais um dia marcado por muito calor no Rio Grande do Sul com temperaturas altas generalizadas. O dia é quente desde o seu começo, uma vez que as mínimas da madrugada serão elevadas e não devem baixar de 25ºC em várias cidades. O dia é muito abafado e terá outra vez máximas perto ou ao redor de 40ºC, mas com sensação térmica acima de 40ºC em várias cidades.

Com o sol, que aparece com nuvens, a temperatura rapidamente dispara durante a manhã com calor já cedo e a tarde torna a ser escaldante. O calor gera chuva de verão isolada, mas a aproximação de frente fria induz instabilidade na fronteira. Isoladamente, há risco de chuva forte e de temporal com rajadas de vento.

O Ponto final na onda de calor ocorre na terça-feira, quando uma frente fria avança com chuva mais generalizada e vai trazer acentuada queda da temperatura e um merecido alívio após doze dias de onda de calor. Várias cidades na terça devem ter temperatura à tarde até 10ºC abaixo do mesmo horário na véspera à medida que massa de ar ameno ingresso no território gaúcho.

Projeção do modelo meteorológico alemão Icon de desvio da temperatura em relação à média para a tarde de terça-feira em que se observa temperatura muito menor com atuação de frente fria no Rio Grande do Sul enquanto faz muito calor no Nordeste de Santa Catarina e na costa do Paraná | METSUL

Se por um lado a frente fria traz um imenso alívio para os gaúchos na terça-feira, o quadro pré-frontal induz ingresso de ar mais quente com calor intenso a extremo na terça no Nordeste de Santa Catarina e no litoral do estado do Paraná, inclusive com a possibilidade de marcas perto ou acima de 40ºC em alguns pontos.

Na quarta-feira, a massa de ar mais ameno cobre grande parte do Rio Grande do Sul e proporciona mais um dia de temperatura agradável para esta época do ano na maioria das localidades, prevendo-se máximas generalizadas abaixo dos 30ºC no estado gaúcho.

Fonte: MetSul Meteorologia

TAGS: temperatura, rs, clima

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Permitir