Passo Fundo/RS: Tempo limpo
Carazinho/RS: Tempo limpo
Passo Fundo/RS: Tempo limpo
Carazinho/RS: Tempo limpo

Notícias

Balanço positivo mesmo depois de uma dos anos mais difíceis para a agricultura no estado

20 de fevereiro de 2024

Cotrijal tem mais de R$ 25 milhões para distribuir aos associados

Balanço positivo mesmo depois de um dos anos mais difíceis para a agricultura no estado

A Cotrijal realizou em Não-Me-Toque, na manhã de terça-feira, dia 20 de fevereiro, a primeira das oito assembleias de núcleo para apresentar os resultados do ano de 2023. Foi um ano cheio de desafios, mas também de importantes conquistas que o Conselho de Administração compartilhou com associados, entre eles as sobras de mais de R$ 25 milhões para serem distribuídos.

Com 16.500 associados, presente em 53 municípios gaúchos e 85 unidades, a Cotrijal Cooperativa Agropecuária e Industrial iniciou seu processo de assembleias na terça-feira (20), em Não-Me-Toque, reunindo associados deste município e de Lagoa dos Três Cantos. Os 55 núcleos foram regionalizados e, até 28 de fevereiro, vão ocorrer mais sete assembleias em:  Carazinho, Lagoa Vermelha, Passo Fundo, Soledade, Vera Cruz, Colorado e Santo Antônio do Planalto. As decisões serão levadas para a Assembleia Geral Ordinária, dia 29, onde participam os 112 líderes (delegados).

—Neste ano difícil, com problemas com a seca no início do ano, excesso de chuva no plantio desta safra, commodities e mercado, realizamos ações de remanejamento, estruturação e enxugamento de despesas. Contamos com uma equipe muito comprometida e profissional, com apoio do Conselho e participação dos associados para alcançarmos um resultado muito positivo—, avaliou o presidente da Cotrijal, Nei César Mânica.

O balanço apontou quase R$ 150 milhões de sobras, que foram distribuídas de acordo com o plano contábil e destinados R$ 25.087.939,08 para decisão das assembleias de núcleo, valor que poderá ser repartido com os associados, conforme foi sugerido nesta primeira reunião.

—Estamos muito felizes porque, todos os anos trazemos um resultado significativo. A Cotrijal está muito bem estruturada, possibilitando que, mesmo num momento difícil, possa distribuir R$ 25 milhões e ajudar o produtor—, afirmou o presidente Manica.

Depois de Não-Me-Toque, serão mais sete assembleias de núcleo

De acordo com a consultoria contratada, especializada em cooperativa, a Cotrijal teve o melhor desempenho entre as avaliadas.

Em 2023, a cooperativa realizou diversos investimentos, os principais, em infraestrutura, aumento da capacidade de armazenagem de grãos em 12 mil toneladas, e de insumos em 6 mil toneladas, além de ter construído 6 usinas de energia solar, buscando a redução do custo da energia.

O vice-presidente, Enio Schroeder, avaliou que 2023 foi o pior ano que já presenciou para a produção agrícola e, como resultado das ações de gestão da Cotrijal, chegaram na assembleia com um resultado muito próximo ao de 2022.

—O resultado prova que a cooperativa pode seguir se consolidando, porque passa pelas crises mantendo os bons resultados—, destacou Schroeder.

O vice presidente lembrou, ainda, das demandas sociais da cooperativa, que não se furta e contribuiu, conforme sua natureza, que é a cooperação, atendendo muitas demandas das comunidades onde está inserida. Também apontou o trabalho com os jovens e com as mulheres.

Texto e fotos: Helaine Gnoatto Zart | AFolha

NOTA: Todos os textos e imagens disponíveis aqui são protegidos por direito autoral. Podem ser utilizados livremente, desde que acompanhados dos devidos créditos ao autor e/ou fonte. Valorizamos a criação intelectual e acreditamos no respeito aos direitos dos criadores. Compartilhe conhecimento e inspiração, mas lembre-se de reconhecer o trabalho alheio.

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Permitir