Passo Fundo/RS: Tempo nublado
Carazinho/RS: Chuva
Passo Fundo/RS: Tempo nublado
Carazinho/RS: Chuva

Notícias

Imagem de pasrasaa por Pixabay

27 de fevereiro de 2024

Alimentos básicos podem ficar mais caros a partir de abril no RS

Atenta às discussões acerca do projeto de aumento de ICMS proposto pelo Governo do Estado a partir do fim de incentivos fiscais a diversos setores produtivos e da oneração da cesta básica dos gaúchos, a Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) vem participando de fóruns, reuniões e debates junto a representantes de diferentes segmentos da economia.

O objetivo do setor supermercadista é buscar sugestões que possam ser alternativas à proposta apresentada pelo governador Eduardo Leite, que deve entrar em vigor a partir de abril.

Segundo o presidente da Agas, Antônio Cesa Longo, o cenário apresentado pelo Governo para buscar o equilíbrio das contas públicas é o pior possível, já que pesará justamente na camada mais pobre da população gaúcha.

—Estamos transferindo a conta para as famílias menos abastadas e que já estão com seu poder de compra altamente reduzido. O consumidor gaúcho não tem renda para suportar aumento de preços em alimentos essenciais do seu dia a dia neste momento—, afirma o supermercadista, lembrando que o varejo é apenas um repassador dos tributos que serão majorados.

Imagem de pasrasaa por Pixabay

Fonte: AGAS

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Permitir