Passo Fundo/RS: Tempo nublado
Carazinho/RS: Chuva
Passo Fundo/RS: Tempo nublado
Carazinho/RS: Chuva

Notícias

1 de março de 2024

Sindicato Rural negocia piso do trabalhador rural

As negociações entre Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Sindicato Rural de Não-Me-Toque terminaram na quinta-feira (29/2), quando foi aprovado o valor do piso salarial da classe trabalhadora e fixado em R$ 2.053,91. Foi concedido um reajuste de 6,2%, índice que ficou acima da inflação medida pelo INPC (3,82%). A data base é 1º de março.

Este foi um dos assuntos da assembleia geral do Sindicato Rural, realizada na sala de reuniões da sua sede, com presença dos associados, ocasião em que a diretoria apresentou relatório de atividades e prestação de contas do ano de 2023.

Ao longo do ano, foram cerca de 200 atividades registradas, desde cursos, reuniões, palestras, participação em comissões e conselhos, eventos, ações, programas e outros. Só em cursos e palestras foram mobilizadas quase 600 pessoas, além do Apsul América, que registrou 750 inscritos presenciais. Somente este evento que trouxe painelistas de diversos estados e inclusive internacionais, demandou 54 reuniões.

— O Sindicato Rural participa com representantes de nove conselhos municipais porque consideramos importante estamos ativos nos mecanismos de decisão das políticas municipais —, comentou a presidente Teodora Lütkemeyer.

Planejamento 2024

As primeiras atividades ocorrem nesta semana, na Expodireto Cotrijal, como lançamento do E-book do Apsul 2023 (dia 5, às 15h), palestras sobre direito agrário (dia 6, das 14h às 16h, no Auditório da Produção) e Instalação da Comissão Municipal Mulheres do Agro (dia 8, às 9h, na Casa da Farsul).

Reativar a Comissão Jovem Rural, promover ou apoiar eventos ligados às ações do movimento “De olho no material escolar”, manter a participação ativa nos conselhos, promover 46 cursos e 6 palestras, mais atuação junto à Farsul estão nas metas para o ano de 2024.

Texto Helaine Gnoatto Zart – A Folha

NOTA: Todos os textos e imagens disponíveis aqui são protegidos por direito autoral. Podem ser utilizados livremente, desde que acompanhados dos devidos créditos ao autor e/ou fonte. Valorizamos a criação intelectual e acreditamos no respeito aos direitos dos criadores. Compartilhe conhecimento e inspiração, mas lembre-se de reconhecer o trabalho alheio.

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Permitir