Passo Fundo/RS: Parcialmente nublado
Carazinho/RS: Tempo limpo
Passo Fundo/RS: Parcialmente nublado
Carazinho/RS: Tempo limpo

Notícias

4 de março de 2024

Não-Me-Toque construirá o primeiro Museu da Agricultura de Precisão do mundo

Capital Nacional da Agricultura de Precisão, o município de Não-Me-Toque, no norte do Rio Grande do Sul, construirá o primeiro Museu da Agricultura de Precisão do mundo. A novidade será anunciada pelo prefeito de Não-Me-Toque, Gilson dos Santos (Maninho), na manhã de segunda-feira, dia 04 de março, durante a programação da Expodireto Cotrijal 2024.

Num espaço tecnológico imersivo com mais de 3 mil m², o visitante será convidado a mergulhar no universo das tecnologias do agro com uso de recursos visuais e sensoriais, visitando a história do desenvolvimento da agricultura desde os primórdios até a atualidade, com foco no desenvolvimento da agricultura de precisão pelas indústrias da cidade.

Como detalha o prefeito Maninho, o Museu da Agricultura de Precisão não será um espaço expositivo tradicional.

— Será um ambiente imersivo e interativo, alinhado aos grandes museus modernos que vemos pelo mundo. Além de promover a cultura do nosso povo, o Madep agregará valor econômico e social, impulsionando o turismo como um espaço educativo que vai gerar conhecimento a públicos de todas as idades. Serão provocadas reflexões sobre o futuro da agricultura diante dos desafios globais da humanidade —, explica o chefe do Poder Executivo.

Além do museu, o Complexo Cultural Municipal de Não-Me-Toque contará com anfiteatro multimídia com capacidade para 1.200 pessoas, Biblioteca Municipal interativa, salas para exposições, estúdios de som, salas para oficinas e café. O projeto arquitetônico assinado pela equipe de Arquitetura da Prefeitura de Não-Me-Toque é inspirado no formato de engrenagens, elementos mecânicos amplamente utilizados na fabricação de máquinas e implementos.

Investimentos via leis de incentivo à cultura

A iniciativa do projeto é da Administração Municipal de Não-Me-Toque. Para a construção do prédio e execução do Plano Museológico, serão buscados recursos via leis de incentivo à cultura junto a empresas, indústrias e entidades locais, que terão neste centro tecnológico de exposição científica um espaço para a apresentação da história do desenvolvimento da agricultura de precisão.

Etapas do projeto

Nesta primeira etapa, explica o prefeito Maninho, o projeto está sendo idealizado e também passa pela fase documental. Após, haverá a construção do prédio, o desenvolvimento e a execução do Plano Museológico.

— Estamos montando uma equipe multiprofissional, envolvendo profissionais de diversos setores no desenvolvimento do projeto. Será um museu da agricultura único, inspirado em grandes museus e centros de tecnologia. Cada vez mais, quando falarmos em tecnologia agrícola, o mundo voltará os olhos para Não-Me-Toque —, afirma o gestor.

A projeção é de que o Madep esteja em funcionamento entre 24 e 48 meses. O valor final do projeto ainda não está definido, dada a atual etapa inicial do projeto.

— Como será um museu de experiências imersivas e interativas, com muitos recursos visuais e sensoriais, buscaremos fornecedores desta tecnologia. Nos próximos meses, convidaremos parceiros para o projeto. O primeiro Museu da Agricultura de Precisão do mundo será fruto de uma construção coletiva —, adianta o prefeito Maninho.

Capital Nacional da Agricultura de Precisão

Não-Me-Toque está localizada no Norte do Rio Grande do Sul, a 280 km da capital Porto Alegre. A elevada produção industrial contribui diretamente para movimentar um PIB de 2 bilhões de reais na cidade com população estimada em 17,9 mil habitantes. O desenvolvimento de tecnologias agrícolas tornou Não-Me-Toque o berço da mecanização agrícola, levando a cidade a ser reconhecida, desde 2009, como Capital Nacional da Agricultura de Precisão, título instituído pela Lei nº 12.081.

Hoje, a cidade exporta tecnologia agrícola para mais de 30 países, além de inovar em modelos cooperativos que fortalecem o produtor rural e no desenvolvimento de sementes que maximizam a produção no campo.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Não-Me-Toque

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Permitir