Passo Fundo/RS: Chuva
Carazinho/RS: Chuva
Passo Fundo/RS: Chuva
Carazinho/RS: Chuva

Notícias

Taxa de mortalidade da doença é de 30%; especialistas correm contra o tempo para descobrir a causa do surto | Foto: Josué Damacena/Divulgação/IOC-Fiocruz

1 de abril de 2024

Surto de infecções por bactéria rara e letal no Japão preocupa especialistas

Aumenta a preocupação no Japão à medida que as infecções por uma bactéria rara atingem níveis recordes. A taxa de mortalidade é de 30%. Especialistas correm contra o tempo para descobrir a causa do surto. O nome da bactéria é Streptococcus pyogenes, mais popularmente conhecida como estreptococo do grupo a (GAS), e que no Japão recebe outro nome: ‘bactéria devoradora de carne’. A bactéria se alastra pelo corpo, provocando febre, falência dos órgãos e necrose, que é a morte das células dos tecidos do corpo. As vítimas podem morrer em menos de 48 horas. O tratamento é feito com antibióticos, mas em estado avançado, os pacientes precisam amputar os pés ou as mãos – regiões onde essas bactérias causam as infecções. Em 2023 foram registrados 941 casos da síndrome do choque tóxico estreptocócico no Japão. Este ano, os diagnósticos dispararam: só nos 70 primeiros dias de 2024, foram 517 casos.

Fonte: Rádio Guaíba

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Permitir