Passo Fundo/RS: Tempo limpo
Carazinho/RS: Chuvas esparsas
Passo Fundo/RS: Tempo limpo
Carazinho/RS: Chuvas esparsas

Notícias

O gerente da Unidade Sede da Cotrijal, Joelso Schneider, acompanha o recebimento da boa safra

7 de abril de 2024

Soja apresenta produtividade entre 40 e 90 sacas por hectare em Não-Me-Toque

O gerente da Unidade Sede da Cotrijal, Joelso Schneider, acompanha o recebimento da boa safra Foto: Helaine GZ/AFolha
Por Helaine Gnoatto Zart

Choveu em Não-Me-Toque na quinta-feira (4 de abril), mas até então, foram oito dias de tempo bom que possibilitaram aos produtores rurais intensificar a colheita da soja. Neste ano, a oleaginosa foi plantada mais tarde, devido ao período de chuvas intensas nos meses de outubro e novembro.

A Unidade de recebimento da sede da Cotrijal, em Não-Me-Toque, registrou grande movimentação na última semana. O gerente Joelso Schneider relata que os grãos apresentam ótima qualidade e a produtividade varia entre 40 e 90 sacas por hectares.

—Observamos que a diferença de produtividade se dá em função da variedade, mas especialmente, do manejo. Isso enaltece a importância das orientações da nossa área técnica—, avalia o gerente.

A reação nos preços que vinha em queda começou a ocorrer a partir de 12 de março, partindo de R$ 107,00 a saca (dólar 4,97) chegando a R$ 116,00 (dólar 5,04) em 4 de abril, aliviaram o temor de que o produto seguiria em queda.

—Apesar de estamos em plena safra e o mercado pressionar para baixo, houve essa reação com aumento de 10%. O agricultor tem a seu favor o produto e é este ponto que faz toda a diferença nos ganhos. O esforço e o investimento que o produtor fez para obter mais produtividade, o planejamento e o escalonamento de venda oportunizam os ganhos —, observa.

Durante a safra, as unidades de recebimentos da Cotrijal funcionam de domingo a domingo, das 7h40 às 20h.

Em 2023, a Cotrijal investiu R$ 95 milhões em estruturas de armazenagem de grãos, fertilizantes e novas tecnologias, visando garantir mais eficiência e qualidade nos processos.

Hoje, a cooperativa tem capacidade para armazenar 1,2 milhão de toneladas de grãos, em 78 unidades distribuídas em 53 municípios.

De acordo com o sistema de levantamento dos componentes tecnológicos das lavouras do RS (Ipan), fornecidos pelo engenheiro agrônomo do escritório da Emater, Vinicius Toso, o município de Não-Me-Toque manteve a área de plantio de soja em 23.300 hectares. As estimativas fecham com os dados da Cotrijal indicando que 50% da safra está colhida.

Até o dia 4 de abril, a estimativa era de que 50% da área de soja estava colhida
Foto: Helaine GZ/AFolha

TAGS: safra, soja, cotrijal

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Permitir