Passo Fundo/RS: Chuvas esparsas
Carazinho/RS: Chuvas esparsas
Passo Fundo/RS: Chuvas esparsas
Carazinho/RS: Chuvas esparsas

Notícias

Foto: Helaine Zart

29 de abril de 2024

Semana que começa será muito complicada no Rio Grande do Sul

A semana que se inicia no Rio Grande do Sul será complicadíssima com muita chuva e temporais isolados, o que pode levar a problemas e transtornos em diversas cidades do estado, de acordo com a previsão do tempo da MetSul Meteorologia. Os acumulados de chuva devem ser extremamente altos em várias cidades com volumes apenas nesta semana equivalentes a 100% a 200% do que costuma cair em um mês nesta época do ano. Tanto Porto Alegre como o interior devem sofrer os efeitos da intensa instabilidade.

Uma enorme e excepcionalmente intensa massa de ar quente cobre o Centro-Sul do Brasil nesta semana e influenciará o tempo no Rio Grande do Sul à medida que o ar quente em altitude interagirá com a umidade presente para gerar sucessivas áreas de instabilidade até quinta-feira, gerando nuvens carregadas com chuva forte e temporais isolados de vento e granizo. Entre quinta e sexta-feira, ar mais frio que atuará na maior parte da semana na Argentina vai avançar com uma frente fria que trará mais chuva e temporais.

Nesta segunda, muitas nuvens cobrem o Rio Grande do Sul e trazem chuva para todas as regiões no decorrer do dia. A instabilidade mais forte ruma para Sul e o tempo se instabiliza com chuva no Oeste, Centro e no Sul do estado, assim como no Leste gaúcho. O sol chega a aparecer em parte do dia em algumas cidades.

A instabilidade será maior da tarde para a noite. Alerta-se para chuva localmente forte, com 50 mm a 100 mm em alguns pontos, e risco de alagamentos. Há ainda risco de temporais isolados. Devido à chuva, a temperatura não se eleva muito em diversas cidades, mas em pontos do Noroeste estará abafado.

Na terça-feira, a instabilidade prossegue. Chove na maioria das regiões no decorrer do dia. A instabilidade deve ser mais forte em pontos do Oeste, do Centro, Sul e o Leste do estado. Há risco elevado de chuva localmente forte a intensa com acumulados de 50 mm a 100 mm em apenas um dia em alguns pontos. Podem ocorrer temporais isolados. Mais ao Noroeste e ao Norte do estado, em diferentes locais o dia pode passar sem chuva. A temperatura não sobe muito na maior parte das cidades, mas no Noroeste faz calor.

Já a quarta-feira, feriado do Dia do Trabalho, a nossa previsão do tempo indica que será marcada pelo tempo instável. Uma frente fria começa a ingressar pelo Oeste e o Sul. Outra vez chove durante o dia na maior parte do Rio Grande do Sul. Há risco de chuva localmente forte a intensa e possibilidade de temporais localizados na maioria das regiões. Pode chover muito em cidades das Missões e do Noroeste com acumulados acima de 100 mm em diferentes pontos. A temperatura pouco se eleva na maioria das cidades, mas em locais do Noroeste e do Norte perto de Santa Catarina vai estar quente e abafado.

Na quinta-feira, a frente fria traz chuva para a Metade Norte do Rio Grande do Sul e que pode ser localmente forte e com risco de temporais isolados, especialmente na primeira metade do dia. No Oeste, no Centro e no Sul, o tempo pode apresentar uma melhoria gradual ao longo da quinta. Ar mais ameno ingressa no estado e a temperatura declina com marcas máximas que não superam 20ºC a 23ºC na maioria das cidades.

Na sexta-feira, o sol aparece com nuvens em diferentes cidades, mas com períodos de maior nebulosidade. No Noroeste e no Norte do estado, a atmosfera estará mais instável e pode chover. No final do dia, existe a possibilidade de a chuva avançar para outras áreas do estado, mas modelos numéricos ainda discrepam sobre o comportamento da chuva na sexta-feira. A temperatura estará agradável no estado.

Fonte: MetSul Meteorologia

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Permitir