Passo Fundo/RS: Tempo limpo
Carazinho/RS: Tempo nublado
Passo Fundo/RS: Tempo limpo
Carazinho/RS: Tempo nublado

Notícias

Lagoa dos Patos recebe águas do Guaíba e escoa no Oceano Atlântico. Foto: Nasa divulgação

15 de maio de 2024

Governo vai iniciar estudos sobre novo canal para escoar água da Lagoa dos Patos para o oceano

A enchente do Rio Guaíba no Rio Grande do Sul tem gerado dificuldades significativas para o escoamento da água. Atualmente, o nível do Guaíba está acima dos 5 metros e mesmo com a trégua nas chuvas, permanece estabilizado em um nível muito acima da cota de inundação.

A Lagoa dos Patos, uma enorme laguna estuarina, está conectada ao Oceano Atlântico. É através dela que a água do Guaíba escoa para o mar.

O Instituto de Pesquisas Hidráulicas (IPH) da UFRGS projeta uma diminuição muito lenta, que poderá levar pelo menos 30 dias para o Guaíba voltar ao nível abaixo da cota de inundação, que é de 3 metros.

A sugestão que surgiu nas redes sociais é a abertura de uma passagem na faixa de areia que separa a Lagoa dos Patos do Oceano Atlântico. Essa medida poderia reduzir o nível do Guaíba de forma mais rápida e ainda evitar inundações futuras.

O governo federal vai iniciar estudos para a construção de um canal de cerca de 20 quilômetros entre a Lagoa dos Patos e o Oceano Atlântico para escoar a água da lagoa.

A obra de engenharia é vista como uma das possibilidades para evitar alagamentos nas cidades em redor da lagoa, inclusive a capital Porto Alegre.

Ao blog, o ministro da Casa Civil, Rui Costa, avaliou que o canal vai evitar inundações da magnitude que se viu no mais recente desastre ambiental. E que vai ajudar, principalmente, a região metropolitana de Porto Alegre.

"Vamos iniciar os estudos", disse Rui Costa. Ainda não há prazos ou custos estimados.

Fonte: G1

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Permitir